sexta-feira, 20 de março de 2015

Netflix adquire série chinesa para exibição nos Estados Unidos

Quem vive ou costuma visitar os EUA, terá acesso à série Empresses in the Palace, drama chinês que foi adquirido pelo site de streaming Netflix.

A série foi originalmente exibida em seu país em 2011, pelo Dragon Television, com um total de setenta e seis episódios de 45 minutos de duração. Mas, segundo o Deadline, que divulgou a informação, a versão americana é um compacto com seis episódios de 90 minutos de duração cada.
Este seria um gesto de boa vontade do site americano para iniciar as negociações com o LeTV, site de streaming chinês. A intenção do Netflix seria a de formar uma parceria com o LeTV para poder entrar na China.
O site chinês já fechou uma parceria com a Microsoft para a criação de uma plataforma global, com a qual ele entrará nos EUA, oferecendo programação em dois idiomas. O próximo passo da empresa chinesa é o de formar parcerias na Europa.
Para o Netflix, uma parceria com o LeTV o livraria da necessidade de lidar com questões relacionadas à censura e regulamentos do governo chinês.
Até o momento, boa parte das produções asiáticas que constam do catálogo do Netflix, nos EUA, é originária da Coréia do Sul ou da Tailândia.
Empresses in the Palace é uma série que adapta um romance publicado na Internet. A história acompanha as intrigas palacianas durante a dinastia Qing. Quando Zhen Huan (Sun Li), uma jovem de dezessete anos, é escolhida como a nova concubina do palácio, ela passa a fazer parte do harém do Imperador Yongzheng (Chen Jianbin). Mas Zhen desperta a inveja e os ciúmes das demais, o que a leva a lutar por sua vida.

Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário