terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Companhia de teatro de Maceió se apresenta em Arcoverde


Nessa sexta e sábado (27 e 28 de fevereiro), às 20h, o Coreto da Praça da Bandeira se transforma em palco para receber o espetáculo “Torturas de um coração ou Em boca fechada não entra mosquito”.
 
Apresentado pela Cia Nêga Fulo, o texto de Ariano Suassuna é escrito para mamulengos, porém nesta montagem a Cia aposta numa adaptação para a rua, mantendo a essência do que o autor coloca como popular.
 
A peça envolve a plateia, numa comunicação alegre, mostra a esperteza e a malandragem dos personagens, com os quais muitos transeuntes se identificam.
 
O espetáculo é recheado de canções de Luís Gonzaga entre outros forrozeiros. Na direção Glauber Teixeira, no elenco Diva Gonçalves (Marieta), Alderir de Souza (Afonso Gostoso), Delberto Santana (Cabo Setenta), Daniel Dabasi (Vicentão) e Regis de Souza (Benedito).
 
Projeto - A Cia Nêga Fulô é de Maceió e foi por meio do projeto “Teatro nas ruas do alto sertão nordestino”, que venceu o prêmio Funarte Artes na Rua 2013, da Funarte e do Ministério da Cultura. 
 
A finalidade era de apresentar, no segundo semestre de 2014 e primeiro de 2015, o repertorio de rua em cinco cidades do alto sertão nordestino: Arcoverde, Santana do Ipanema-Al, Canidé de São Francisco SE, Paulo Afonso-BA e Patos-PB.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário