sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Carnaval terá esquema de segurança e trânsito reforçado em Garanhuns


Para manter a segurança dos moradores e turistas durante o período carnavalesco, em Garanhuns, vários órgãos oficiais irão trabalhar em esquema especial. A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) atuará nos principais pontos de concentração em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar (CBMPE), Polícia Civil (PCPE), Polícia Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A programação, no município, possui uma grade bastante diversificada. O Garanhuns Jazz Festival (GJF), que inicia no sábado (14), terá dois polos: um na Praça Cultural Mestre Dominguinhos e outro no Parque Ruber van der Linden – os shows terminam na terça-feira (17). Durante o mesmo período, também há apresentações, durante à tarde, nos bairros Magano e Boa Vista, integrando a proposta do resgate do ‘Carnaval de Rua’.

A AMSTT vai trabalhar em esquema especial. Serão seis motos e quatro viaturas com 35 homens e seis orientadores de trânsito nas principais ruas e avenidas. Em paralelo ao trabalho de fiscalização de trânsito, a PRF realiza a Operação Carnaval. A ação, que conta com a participação de 33 policiais rodoviários divididos nos postos de Garanhuns e Cruzeiro do Nordeste, tem como objetivo fiscalizar, com a ajuda de radar e bafômetro, a velocidade, ultrapassagens, alcoolemia, uso do cinto de segurança e documentação dos veículos e dos condutores. A operação termina na quarta-feira (18).

A Delegacia Regional da Polícia Civil, localizada na Praça da Bandeira, funciona, durante o período de festa, em regime de plantão. Diariamente, trabalham uma equipe formada por um delegado, dois escrivães e oito agentes de polícia. Já o nono Batalhão de Polícia Militar contará com 41 policiais e 11 viaturas na sexta-feira (13) durante o desfile das ‘Virgens de Garanhuns’ e, durante o Garanhuns Jazz Festival (GJF), que começa no sábado e segue até a terça-feira (17), vai atuar com 30 policiais a pé, tendo suporte de três viaturas nas proximidades, três conjuntos montados (policiamento nas áreas de estacionamento), além de três guarnições radiomotorizadas.

O 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros também desenvolve uma escala diferenciada durante o Carnaval do interior do Estado. Este ano, de acordo com o comandante Iremberg Barros, 10 militares trabalham com o suporte de três viaturas em caso de alguma ocorrência grave.

Cloves Teodorico

Nenhum comentário:

Postar um comentário