sábado, 21 de fevereiro de 2015

Boi Maracatu é campeão pela terceira vez de concurso carnavalesco no Recife

Foto: Boi Maracatu

Pelo terceiro ano consecutivo o Boi Maracatu de Arcoverde é o campeão do Concurso de Agremiações Carnavalescas no Recife. O resultado saiu nessa quinta-feira, no Sítio da Trindade.

“Para chegar até aqui vencemos cada etapa. Primeiro a do grupo  Aspirante, depois passamos para o Grupo II, em seguida para o Grupo I e finalmente ao Especial, onde já somos tricampeões”, declara o coordenador da Associação Cultural Boi Maracatu, Everaldo Marques.

De acordo com Marques, no ano passado a agremiação mudou todo o figurino. Nesse ano, investiram numa nova abertura e outras cenas. “O diferencial é que sempre lutamos com a mesma garra, porém, dessa vez, com mais maturidade e tranquilidade”, explicou Everaldo, que contou com um grupo de 100 pessoas no cortejo.
O Boi Maracatu assim como as demais agremiações, que desfilaram na capital Pernambucana tem apoio da Prefeitura de Arcoverde. “Tenho orgulho, quando o locutor anuncia: Eles vem de longe e trazem o poder do interior”, exclama Everaldo Marques, que é presidente da Liga dos Bois da cidade e ainda ressaltou a importância do incentivo à arte popular.

A agremiação é um forte disseminador da cultura arcoverdense, além de disputar os concursos, desfilou durante o Carnaval, no Marco Zero, no Parque Dona Lindu e em Bezerros.
As apresentações acontecem também durante qualquer época, em vários eventos e festivais do estado e até do Brasil. Em janeiro desse ano, por exemplo, o grupo esteve no Festival de Teatro de Rua de Araçuaí, em Minas Gerais.

“Para o Carnaval 2016, será tudo novo de novo. Desde as fantasias, a novas cenas e novas composições. A dança e a música são as marcas registradas do nosso espetáculo, é o que mais envolve o público”, finaliza o coordenador, que acredita não estar só e que sem o apoio incondicional da prefeitura nada disso seria possível.

GRUPOS - Ainda na Categorias Bois, o Fantástico também foi campeão do concurso Carnavalesco de Agremiações no Recife, no grupo I. Agora, sobe ao Especial, onde, no próximo ano, disputa com o Boi Maracatu e outros bois de Pernambuco.
O Boi Arcoverde e o Estrelinha foram rebaixados para o grupo II. “A disputa é sadia e louvável. O que importa é estar sempre levando o nome de Arcoverde para fora da cidade”, acredita a prefeita Madalena Britto, que em 2015, mesmo com os cortes de verbas manteve as subversões das agremiações, que disputaram as Folias dos Bois no município.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário