sábado, 17 de janeiro de 2015

Brasileiro é executado na Indonésia


O brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, foi executado neste sábado (17), na Indonésia.

Segundo informações oficiais, a execução por fuzilamento ocorreu dentro do complexo prisional de Nusakambangan, Cilacap, a 400 km da capital Jacarta. 

Marco foi preso em 2003 quando tentava entrar no país asiático, pelo aeroporto de Jacarta, com 13,4 kg de cocaína nos tubos de sua asa delta. No momento do flagra, aproveitou a distração de guardas e conseguiu escapar, passando duas semanas foragido. Ele ficou conhecido por ter sido o traficante com uma das maiores quantidades de drogas apreendidas até hoje na Indonésia.

Nessa sexta-feira (16), o presidente indonésio, Joko Widodo, negou pedido de clemência feito pela presidenta Dilma Rousseff. O presidente Lula já havia enviado duas cartas pedindo clemência durante seu governo, enquanto Dilma enviou quatro.

O corpo de Marcos Archer será cremado e levado para o Brasil.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário