sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Câmara do Recife aprova projeto que permite demolições no bairro da Boa Vista


A Câmara do Recife aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto de lei 43/2014, de autoria do prefeito Geraldo Julio (PSB), que garante a realização de demolições em áreas do bairro da Boa Vista, no Centro do Recife. Alvo de queixas por parte da vereador Priscila Krause (DEM) e Raul Jungmann (PPS), a proposta autoriza as intervenções urbanísticas em uma área que é considerada, desde 2013, Zona de Proteção de Patrimônio Histórico e Cultural (ZEPH). A proposta foi aprovada por 23 votos a favor e 7 contra.

A decisão de considerar o bairro da Boa Vista aconteceu por meio de um projeto da própria Prefeitura. "No ano passado, a gestão enviou o projeto, que foi aprovado por unanimidade, por se tratar de um avanço. Agora, no meio desse pacotão de fim de ano, recebemos esse projeto que visa incluir um artigo na lei", explicou Krause. O artigo contestado por ela afirma que "os projetos aprovados e com alvará de demolição já expedidos serão regularmente concluídos e licenciados".

Em outras palavras, o artigo autoriza as construtoras que haviam entrado com pedidos de intervenção e que foram atendidas a prosseguirem com as demolições. "A prefeitura do Recife afronta de maneira despudorada a lógica da preservação, obedecendo a uma lógica que é essa estupidez de uma mentalidade subdesenvolvida de não preservar nosso patrimônio", disparou Priscila, citando, como exemplo, as cidades europeias que haviam sido destruídas devido a guerras e que foram reconstruídas de maneira que preservassem seu caráter histórico. "Aqui a gente brinca de destruir nossa memória".

O vereador Raul Jungmann seguiu a mesma linha da parlamentar e acrescentou que a Boa Vista é o "depositório da cidade da cultura do Recife". A bancada de oposição deve entrar, até o fim da semana, com uma representação no Ministério Público contra a decisão.

Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário