segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Marina Silva lidera no Grande Recife

Do Diário de Pernambuco
A análise detalhada da aderência das candidaturas presidenciais em Pernambuco serve, sobretudo, para que os comitês das campanhas reformulem estratégias e definam em que grupos investirão nos dias finais. A pesquisa Ipespe revela, por exemplo, que a aderência da socialista Marina Silva (PSB) é muito maior entre os eleitores ricos, com rendimento maior que cinco salários mínimos (50%), que entre eleitores mais pobres, com ganho menor que o salário (39%).
Dilma Rousseff (PT), por sua vez, está melhor posicionada entre os mais pobres (45%) e tem aderência menor entre os mais ricos (28%). Se forem comparadas as duas candidaturas entre si, entre os mais pobres, Dilma ganha. Na faixa salarial entre dois e cinco salários mínimos e entre os que recebem acima de cinco salários, Marina vence.
No cruzamento entre faixa de instrução e intenção de votos, uma dicotomia: Marina cresce à medida que os eleitores têm mais escolaridade e Dilma cai à medida que os eleitores têm mais escolaridade. Quando se avalia os redutos eleitorais por região em Pernambuco percebe-se que Marina tem a melhor aceitação na Região Metropolitana (onde aparece com 51%) e na Mata (44%). Já o destaque de desempenho de Dilma é no Sertão (56%), seguido pelo Agreste (51%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário