sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Garanhuns realiza programação especial no Outubro Rosa e Novembro Azul

Os meses de outubro e novembro são marcados pelas campanhas mundiais de prevenção ao câncer. A primeira, conhecida como “Outubro Rosa”, a campanha é direcionada ao combate ao câncer de mama e do colo do útero, e o “Novembro Azul”, ao câncer de próstata. O Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Saúde, com o objetivo de promover uma melhoria na qualidade de vida da sociedade e atuar de maneira preventiva, aderiu às campanhas.

Simbolizando a luta contra o câncer de mama, no Outubro Rosa, serão intensificadas as ações de prevenção e detecção do câncer de mama e colo do útero. A campanha terá abertura oficial no dia 1º de outubro, às 19h, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti. Durante todo o mês, de segunda a sexta-feira, todos os postos de saúde estarão realizando mamografias, abordando de mulheres de 50 a 65 anos de idade, para as demais idades, é necessário uma solicitação pelo médico de cada unidade, e exames citopatológicos (Papanicolau). Nas sextas-feiras, além dos postos de saúde, haverá também atendimentos no Centro de Especialidades em Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), antigo Hospital Municipal.

Já o mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações para sensibilizar e conscientizar a população masculina quanto à importância da prevenção do câncer de próstata. A abertura da campanha será com uma caminhada, no dia 1º de novembro. Em Garanhuns, durante todo o mês de novembro, as unidades de saúde realizarão atividades voltadas à saúde do homem.

Nesses dois meses serão promovidas discussões sobre a saúde feminina e masculina e a necessidade de vigilância dos cânceres de mama e próstata. O secretário da Saúde, Arlindo Ramalho, fala sobre as campanhas. “É um momento de suma importância para o município, pois é uma forma de mobilizar toda a sociedade para a prevenção dos cânceres de mama, colo do útero e próstata, visando a saúde e qualidade de vida da sociedade”, comentou. Durante esse período serão intensificadas as ações de orientação em saúde, detecção, encaminhamentos, exames clínicos, tratamentos, incentivo a prevenção e alerta sobre a importância do diagnóstico precoce.

Ruthe Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário