terça-feira, 29 de julho de 2014

Noventa anos de Abelardo da Hora

Abelardo da Hora, um dos maiores artistas plásticos de Pernambuco, completa na próxima quinta-feira 90 anos. Nove décadas dedicadas a esculturas, pinturas, gravuras, sempre retratando a dura realidade nordestina, as curvas femininas e situações do cotidiano.

Além de autor desta extensa obra, o homem Abelardo é testemunha de parte da história pernambucana, pois assumiu cargos públicos, militou pela arte de sua gente, encabeçou lutas sociais e pela liberdade nos tempos mais obscuros da ditadura brasileira. Enfim, uma personalidade como esta merece uma homenagem à sua altura.

Na próxima quinta-feira, o Recife Convention & Visitors Bureau, em parceria com a Arena Pernambuco, organiza uma grande festa ao mestre, lançando, também sua nova identidade visual e seu material gráfico promocional que será ilustrado com obras do pernambucano.

São pastas, manuais de captação, manual de apresentação do estado como destino para o turista de negócios, todos ilustrados com gravuras e fotos de trabalhos deste que é um dos maiores artistas de Pernambuco. A concepção de arte é da Makplan.

Para o Recife Convention Bureau, apresentar o estado e suas potencialidades através da arte de Abelardo da Hora é mais que importante, segundo Bruno Herbert, presidente da entidade: “Ele é um artista único, exemplo de homem que aos 90 anos continua na ativa e exemplo de pernambucano, sempre retratando sua terra e seus movimentos populares e a nossa ideia é levar esta imagem poética do estado a todos os eventos, no Brasil e no resto do mundo”.

Durante a festa, será inaugurada a escultura O Atilheiro, que é a maior, em altura, já criada pelo artista. São cinco metros de altura (mais 2,5 da base) e 1,5 toneladas de cobre fundido. A peça ficará em exposição permanente na entrada do estádio Arena Pernambuco.

Ludmila Portela 

Nenhum comentário:

Postar um comentário