quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Petição pede socorro para o Hospital Regional de Arcoverde


Cansada de ser tratada como gado no matadouro, a população de Arcoverde criou no Site da AVAAZ.ORG a Petição que pede ao Secretário de Saúde de Pernambuco, Antonio Carlos Figueira e ao Governador Eduardo Campos que literalmente socorram o Hospital Regional de Arcoverde que está na UTI.
O hospital que atende Arcoverde e cidades circunvizinhas tem sido alvo de inúmeras denúncias de falta de atendimento e negligência por parte dos profissionais de saúde.

Segundo o texto que trazemos na íntegra pra vocês:

"A população de Arcoverde/PE sofre com a precariedade da saúde pública.


A cidade do sertão pernambucano (pouco mais de 70 mil habitantes) conta com apenas um único hospital público que atende não somente a cidade de Arcoverde, mas, também, a região circunvizinha. Ocorre que o Hospital Regional localizado em Arcoverde encontra-se em péssimo estado de conservação, além disso, não há médicos para prestar atendimento ao público que diariamente procura o HRA. Em alguns casos, até tem médico, mas, apesar de ser o plantonista naquele o horário, o "doutor" não se encontra na unidade de saúde. O problema não é recente, pois há diversas denúncias sobre a qualidade e a falta do atendimento médico naquela unidade pública de saúde. Portanto, queremos que o Governo do Estado de Pernambuco ADOTE MEDIDAS EFETIVAS para melhorar a SAÚDE PÚBLICA no HOSPITAL REGIONAL localizado em ARCOVERDE. O direito à saúde é assegurado pela CONSTITUIÇÃO FEDERAL deste pais, não sendo admitido que tal descaso aconteça com o consentimento dos SENHORES que são os gestores da SAÚDE PÚBLICA no ESTADO DE PERNAMBUCO. Quantas pessoas precisaram morrer para que alguma mudança seja realizada? A população deseja um Hospital Público condizente com as necessidades básicas, e não um MATADOURO PÚBLICO como este. Assim, essa petição será entregue e subscrita por todos nós, na esperança que os SENHORES adotem melhorias para saúde local. Arcoverde, na data da entrega."

Para conferir a petição ou votar acesse o SITE.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário