sábado, 21 de dezembro de 2013

Carroçada natalina celebra a amizade e reúne gerações em Arcoverde


Dezenas de pessoas foram conferir neste sábado (21), a vigésima edição da Carroçada Natalina, organizada por Tonino Arcoverde. A festa que reuniu gerações de arcoverdenses, recebeu um verdadeiro desfile de artistas da nossa cultura.

Por volta das 17:45, as carroças saíram pelo comércio da cidade puxadas por um mini trio elétrico, enquanto isso, o arcoverdense Wagner Carvalho abriu o palco tendo como convidados os cantores Azulão e Azulinho de Caruaru.

Músicas como "Caruaru do Meu Passado", " Dona Teresa" e " Adeus minha Rosa" foram cantadas por Azulão que foi festejado pelo público. O seu filho Azulinho cantou sucessos do seu trabalho que será lançado em 2014.
Wagner Carvalho cantou sucessos do seu mais novo trabalho e canções inesquecíveis como "Meu Arcoverde Querido".


A emoção tomou conta do público quando Paulinho Leite e Tonino Arcoverde subiram ao palco para lançar o cd " Muira-ubi, Cantilenas em Dueto" que homenageou pessoas da cidade como Zita Esteves com a música "Pétalas", a "Muira-Ubi" dedicada a Rocky Lane e Roberto Morais, a música " Sob a Calçada" em homenagem a saudosa Pretinha , mãe de Tonino Arcoverde e a música " Meninos" dedicada a Maria Clara., filha de Melissa Vilela.
No palco além das canções citadas, músicas como " A Lista" e " Riacho do Mel" que emocionaram o público. Sem sombra de dúvidas, um cd onde cada acorde traz o amor , a história e a dor de uma saudade por uma cidade cuja história se eternizará através daqueles que a amam e cantam. 


A terceira atração da noite, foi o baiano Luciano Magno que apresentou o show Forrobodó. O músico conhecido internacionalmente, abriu o show com a música Indiferença, depois vieram as músicas como Forrobodó e Forró do Futuro, além de parceria com Bruno Lins do Fim de Feira encerrando com chave de ouro tocando frevo.


A Banda Fim de Feira, que está prestes a comemorar dez anos de estrada, subiu ao palco com o show do novo trabalho intitulado  "De todo jeito a gente apanha". O segundo disco conta com participação de Elba Ramalho e foi produzido por Yuri Queiroga. No palco músicas do novo repertório como a música que intitula o trabalho  "De todo jeito a gente apanha" e sucessos do primeiro disco " A Revolução dos Pebas" como " Na Feira não falta Nada" e " Sina do Passarinho".


O Reisado das Caraíbas deu um show de tradição, mostrando que esta arte é transmitida de geração em geração.
O Samba de Coco raízes de Arcoverde e a Banda Cultura Urbana encerraram a festa.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário