quarta-feira, 31 de julho de 2013

Nota da Secretaria da Mulher sobre a incitação da violência contra as mulheres pelo cantor Ortinho


O Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria da Mulher, órgão que tem como missão precípua defender os direitos das mulheres, vem a público manifestar seu reconhecimento quanto à gravidade e à necessidade de repudiar, diante da sociedade, o episódio provocado pelo senhor Wharton Gonçalves Coelho Filho, conhecido como Ortinho, de incitar a violência sexual contra as mulheres, durante o 23º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), quando da apresentação da Banda Querosene Jacaré, no Palco Pop do Parque Euclides Dourado, no dia 20 de julho de 2013. A atuação pública do cantor constitui um crime previsto no Código Penal, em seu artigo 286. 

É de conhecimento público, que com a instituição do Pacto pela Vida, em 2007, o Governo de Pernambuco integrou ao seu Plano de Segurança Pública ações de prevenção, proteção e punição aos crimes contra as mulheres. Dentre as ações deprevenção passou a realizar, anualmente, também, durante o FIG, campanhas deenfrentamento da violência contra as mulheres, que contaram com a adesão de artistasque se apresentavam nos diferentes palcos do festival, a exemplo de Nando Cordel. 

Por fim, reiteramos a compreensão do Governo de Pernambuco de que o ambiente de produção e difusão da cultura é fundamental para criação e reprodução de valores democráticos, não sendo tolerável, sob qualquer pretexto, manifestações que representem discriminação, preconceito, desvalorização ou qualquer outro tipo de violência contra as mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário