sábado, 27 de julho de 2013

Desfile de ritmos marca a penúltima noite do Festival de Inverno de Garanhuns


A noite na Guadalajara começou com a apresentação da Orquestra Jovem de Pernambuco e o maestro João Carlos Martins em uma apresentação grandiosa que sensibilizou o público. A segunda atração da noite foi a garanhuense Kiara Ribeiro que levou axé e samba  para a Praça . A cantora ainda se emocionou muito ao cantar em homenagem a Dominguinhos que teve uma passagem muito importante na sua carreira na época em que cantava forró pé de serra. 


O cantor cearense Fagner cantou sucessos como "A morte do vaqueiro", "Romance no Deserto" e "Eternas ondas", de Zé Ramalho, e contou com a presença do pernambucamo dmaestro Spok no sax. O cantor homenageou o amigo Dominguinhos, cantando "Quem me levará sou eu", composta em parceria com o sanfoneiro, que lhe rendeu a vitória em um festival. Fagner afirmou: "Eu estou triste, a música brasileira está de luto. Eu perdi um grande amigo, vocês perderam um grande conterrâneo e a música nordestina perdeu sua maior referência, que era Dominguinhos. Foi Luiz Gonzaga que o chamou para animar mais lá em cima".
Em seguida o romantismo tomou conta da Guadalajara com músicas que marcaram a carreira do cantor como "Revelação", "Deslizes" e "Borbulhas de amor", "Lembrança de um beijo" e "Último pau-de-arara".

A banda Eddie subiu ao palco com seus convidados  as cantoras Isaar de França e Karina Buhr e o cantor Erasto Vasconcelos. O show trouxe para o palco uma sucessão de sucessos como "Eu sou Eddie", "Na beira do rio" e "Guia de Olinda".


O encerramento da noite ficou por conta da bahiana Daniela Mercury que abriu o show com  "Samba da minha terra", "Preta"e "Sorriso negro" .

Depois disso, foi um sucesso atrás do com músicas do seu repertório e do repertório de grandes artistas como Caetano Veloso com a música "Você não entende nada" fazendo menção a crise política e as manifestações que aconteceram pelo país. 

A platéia da Praça Guadalajara ainda conferiu "Nobre vagabundo", "Quero a felicidade" e "Rapunzel". "Andarilho encantado" e "Chão da praça". A cantora apresentou o seu filho e produtor Gabriel Póvoas, com quem cantou "À primeira vista", de Chico César, de quem também cantou "Pensar em você".

A bahiana convidou a pernambucana Kiara Ribeiro para dividir o palco e cantar "Dia branco", do também pernambucano Geraldo Azevedo. 

Daniela ainda cantou "Tempo perdido", da Legião Urbana, e "Como nossos pais", de Belchior, imortalizada na voz de Elis Regina. "O canto da cidade", o Hino Nacional e "Maimbê Dandá" fecharam a apresentação da baiana.

Amanda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário