quarta-feira, 24 de abril de 2013

Coluna do Empreendedor! Criatividade Gera Adaptabilidade



ACONTECÊNCIAS

                                                           Criatividade Gera Adaptabilidade

Como você se sente quando o assunto é adaptabilidade? Se para melhorar a equipe você precisa mudar seu modo de fazer as coisas, qual é sua reação? Você é do tipo que apóia ou prefere fazer as coisas do modo como elas "sempre foram feitas"? Se alguém com um talento maior em sua atual área se junta à equipe, você se coloca à disposição para assumir outra função? Ou se um membro fundamental em outra área está tendo um problema, você se dispõe a trocar de posição para ajudá-lo? O primeiro elemento-chave para que você seja um membro de equipe é estar disposto a adaptar-se à equipe - e não esperar que a equipe se adapte a você!
Por John C. Maxwell em “Competências Pessoais que as Empresas Procuram”.


Reuniões e treinamentos improdutivos

Infelizmente é muito comum participarmos ou ouvir depoimentos de pessoas acerca de reuniões e treinamentos  que foram  chatos e improdutivos, por que isso acontece? O que fazer para evitar que isso aconteça?  Reuniões acabam sendo chatas ou improdutivas porque não tem começo, meio e fim, muito blá..blá..blá, repletas  de idiossincrasias . As pessoas muitas vezes saem das reuniões sem um plano de ação bem definido, sem prazos e nome dos responsáveis. Os treinamentos sem conteúdo também deixam um vazio, iniciados sempre com atraso, não respeitando as pessoas que chegam no horário.  Para evitar é simples, faça tudo ao contrário, já é um bom começo.

                                                                    A Culpa é Sempre dos Outros

Existem gestores que nunca assumem seus erros e há anos justificam sua completa incapacidade, colocando sempre a culpa em seus colaboradores. Basta observar com um pouco de atenção e verificar que nesta “organização” há uma alta rotatividade de colaboradores, excelentes profissionais que por não suportarem um clima organizacional doentio pedem as contas e hoje prestam serviços em outras empresas. O que mais me assombra é ver esse tipo de “gestor” ser reverenciado por alguns.

Pequenos Negócios, grandes transformações.

No imaginário popular é muito comum atribuir o desenvolvimento de uma localidade aos grandes empreendimentos, só que a força realmente está nos pequenos negócios, principalmente após a expansão do mercado interno e a ascensão da classe média, são eles que embora pequenos, movimentam a econômia, geram emprego e renda, portanto, não devem ser ignorados, basta andar nos bairros de Arcoverde e constatar essa realidade.
Não que os grandes empreendimentos sejam desnecessários, ao contrário são fundamentais, devem continuar sendo disputados, mas não são os únicos. Os pequenos de hoje poderão ser os grandes de amanhã.
 
Você sabia?

Que 52,9% da população de Arcoverde é do sexo feminino e 47,1 é do sexo masculino?
Que 79,2% da população de Arcoverde é católica apostólica romana/
Que 12,6% da população de Arcoverde é evangélica? 
Que o setor que mais possui empregos formais na cidade é comércio seguido de perto pelo setor de serviços?
Que se mantiver o seu nível de crescimento o setor de serviços será o maior empregador de Arcoverde nos próximos anos?

Para nossa reflexão

A crise bate a nossa porta, enfrentamos a maior seca dos últimos 50 ou 60 anos, o Governo Federal sempre com grandes promessas e poucas ações. Dilma só pensa naquilo (reeleição) e o PT de Pernambuco faz festa prá Zé Dirceu (aquele condenado pelo STF) e ainda comparam o cara a Zumbi, Tiradentes e Frei Caneca e prá finalizar em Arcoverde dona de lupanar recebe comenda de honra o mérito. Creio que Tiririca tem razão “PIOR DO QUE TÁ NÃO FICA”.          

Aildo Biserra

Nenhum comentário:

Postar um comentário