terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Esculturas-instrumentos de Mestre Nado serão expostas em Tracunhaém



O Ponto de Cultura Homens de Barro, em Tracunhaém, na Zona da Mata Norte, recebe a exposição Mestre Nado - a terra, a água, o fogo e o sopro, neste dia 19, com abertura às sete da noite. A mostra, com curadoria de Caroline Leal e Ticiano Arraes, apresenta um percurso nas esculturas-instrumentos de Aguinaldo da Silva, o Mestre Nado, artista popular olindense que fez brotar sonoridades do barro ao criar instrumentos de sopro e percussão.

O visitante poderá conferir todos os objetos musicais criados pelo mestre como a Flauta Nado, o Raco-raco e o Bum d’água, entre outros, uma documentação fotográfica que retrata o dia-a-dia do mestre no seu atelier, de autoria do fotógrafo Eric Gomes, e assistir a um documentário elaborado especialmente para a exposição. Ainda na noite de abertura, Mestre Nado e o seu grupo musical, o Som do Barro, formado por seus filhos e filha, realizam um pequeno espetáculo.

Mestre Nado aprendeu a identificar o barro nas olarias. Trabalhando na fábrica de Francisco Brennand, dominou as fusões dos diferentes tipos de barro: branco, verde, vermelho e amarelo. Suas esculturas-instrumentos já foram usadas pela Orquestra Filarmônica de São Paulo e aparecem nas percussões dos conjuntos musicais que acompanham Ney Matogrosso, Milton Nascimento, Lula Queiroga e Alceu Valença.

Segundo a curadora Caroline Leal, na inventividade de Mestre Nado não existem fronteiras entre a música e a escultura: ambas compõem um mesmo projeto de arte inspirado pela vida de um menino crescido entre tornos e ladainhas, e de um Mestre que equilibra gênio e tradição, dominando o torno e os elementos de sua obra.

A mostra, que conta com incentivo do Funcultura, Fundarpe e Secretaria de Cultura do Estado, estará em exposição até dia 10 de março, depois segue para ser montada em Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Olinda. Mestre Nado - a terra, a água, o fogo e o sopro é uma realização da ORBE.

Serviço:
Exposição: Mestre Nado - a terra, a água, o fogo e o sopro.
Local: Ponto de Cultura Homens de Barro, Centro de Tracunhaém/PE (ao lado da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos).
Abertura: 19 de fevereiro, às 19h.
Horário de visitação: segunda a domingo das 9h às 17h.
Entrada gratuita.

Informações: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário