quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Eduardo leva Chapéu de Palha Estiagem ao Sertão do Pajeú e Moxotó

dudu3Cartão do Chapéu de Palha Estiagem chega ao Sertão do Pajeú e do Moxotó. Na manhã desta quarta-feira (31), o governador Eduardo Campos esteve em Afogados da Ingazeira para entregar o benefício a agricultores que vêm sofrendo com a pior seca dos últimos anos. O evento aconteceu no Cine Teatro São José, no centro do município, com a presença do secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, e do prefeito da cidade, Totonho Valadares.

Nessa etapa do Programa, serão beneficiadas 44,86 mil pessoas de 24 municípios, sendo R$ 280,00 para cada família. O pagamento - que começou a ser feito desde a última terça-feira (30/10) - será dividido em quatro vezes. O Chapéu de Palha Estiagem já funciona para o Sertão Central e o Agreste. Ao todo, o projeto está orçado em R$ 58 milhões.

“Esse é um programa único no Nordeste inteiro, com um cartão para complementar a renda das famílias. É uma política pública que, de certa forma, diminui as dores desse momento, embora não as elimine”, disse Eduardo, lembrando que essa é uma “seca muito forte, que atinge centenas e centenas de municípios do Nordeste”.

Para a agricultora Márcia Cristina, 26, uma das contempladas pelo Chapéu de Palha Estiagem, o benefício vai ajudar bastante na hora de fazer a feira. “Estamos vivendo um momento de seca muito grave lá no sítio. Com certeza esse dinheiro vai para compra de alimentação e água, ajudando bastante lá em casa”, afirmou a jovem, que mora com os pais.
Além os cartões, Eduardo assinou um novo decreto renovando a situação de emergência no Sertão pernambucano por mais seis meses, já que, na próxima segunda-feira (05/11), vence o decreto anterior do dia 05 de maio. Na ocasião, o governador entregou também filtros de 5 litros e caixas d`água com capacidade para até 1.000 litros às famílias da zona rural do Pajeú e do Moxotó. O objetivo é distribuir até janeiro 162.500 filtros e 20 mil caixas.
 
Adutora
Antes de chegar em Afogados da Ingazeira, o governador Eduardo Campos visitou as obras da primeira etapa do Sistema Adutor do Pajeú, no ramal de Serra Talhada. Essa fase da obra está orçada em R$ 187 milhões, com 60% das obras já concluídas. “Precisamos de uma pauta que possa resolver o hoje, mas também o amanhã. E a Adutora do Pajeú vem nesse sentido. É uma obra muito importante para a região, devida há muitos anos para todos daqui”, ressaltou Eduardo.

 O governador garantiu ainda que, até o fim do ano, o trecho de Serra Talhada fica pronto e, em junho, entrega o trecho de Afogados da Ingazeira, caso tudo corra dentro do esperado.

Fonte: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário