terça-feira, 14 de agosto de 2012

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos lança campanha com foco na intolerância religiosa

Em parceria com a Fundação Cultural Palmares – Ministério de Cultura e o Comitê Estadual de Promoção de Igualdade Racial – CEPIR/PE, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos lança na próxima terça-feira (14), às 14h, no Museu da Abolição, no Recife, a campanha “Igualdade Racial é pra Valer. Intolerância Religiosa Aqui Não!”

A iniciativa, que faz parte do Pacto pela Vida, visa sensibilizar o povo pernambucano quanto a importância da conscientização social e o respeito às diferenças.

Segundo Jorge Arruda, secretário executivo do CEPIR, o lançamento da campanha atendente a determinação da secretária Laura Gomes, titular da SEDSDH, na prevenção à violência simbólica (que corresponde aos atos de preconceito de raça, gênero, religião) em Pernambuco. Ainda de acordo com o gestor, com a iniciativa, que segue até o final do ano com uma série de atividades, será possível promover uma cultura de paz nas 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado.

A campanha será divulgada através de oficinas, palestras e debates, além de material gráfico, que será distribuído durante as visitas aos municípios pernambucanos. Em setembro, técnicos da SEDSDH e CEPIR estarão nas seis Regiões Político Administrativas – RPA’s do Recife, com a finalidade de divulgar a campanha junto à população.

Pioneirismo – O Governo de Pernambuco é destaque em nível nacional pelo trabalho que realiza no combater as discriminações étnicas, raciais, religiosas, de gênero, aumentando a participação de minorias no processo político, no acesso à educação, saúde, emprego, bens materiais, entre outros. Ações Afirmativas como o Curso de Formação de Sacerdotes e Sacerdotisas de Matriz Africana, único no país reconhecido pelo MEC, comprovam a preocupação da gestão com o resgate histórico e a reparação de danos à cultural afro cometidas no passado. O trabalho é coordenado pela SEDSDH, em parceria com o CEPIR.

Além disso, está previsto para o mês de setembro a inauguração do Centro de Apoio aos Povos Tradicionais e o Centro Estadual de Combate ao Racismo (CRER), ambos vinculados ao Sistema Estadual de Proteção. Eles serão compostos por equipes técnicas interdisciplinares que farão o atendimento à população respectiva, assim como no apoio aos casos concretos de racismo, no acompanhamento de inquéritos e processos judiciais e no apoio psicossocial das vítimas.

Serviço

O quê - Lançamento da campanha “Igualdade Racial é pra Valer. Intolerância Religiosa Aqui Não!”.
Onde - Museu da Abolição (Rua Benfica, 1.150, Madalena, Recife)
Quando - Terça-feira (14.08), às 14h.

Fonte: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário