quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Pernambuco recebe acervo de estádio da final da Copa de 1958

Pernambuco vai receber o acervo histórico do estádio Rasunda, sede da final da Copa do Mundo de 1958, realizada na Suécia. O estádio será demolido no fim do ano para dar lugar a uma arena mais moderna. A escolha pelo estado para receber o acervo partiu da Associação Sueca de Futebol, como uma forma de homenagear o jogador pernambucano Vavá, autor de dois gols na final, vencida pelo Brasil por 5 a 2 sobre a seleção anfitriã. Foi o primeiro título da seleção canarinho e a melhor colocação da Suécia em Copas do Mundo.
Com a presença do vice-governador de Pernambuco, João Lyra Neto, representando o governador Eduardo Campos, o documento será apresentado ainda hoje (14/08) durante o jantar/homenagem “Brasil-Suécia: passado memorável, grande futuro”. Na solenidade, estará presente o vice-presidente do Brasil, Michel Temer, a Rainha Sílvia, o vice-primeiro-ministro da Suécia, Jan Björklund, além de autoridades e dirigentes empresariais dos dois países.
Localizado em Solna, Região Metropolitana de Estocolmo, o estádio Rasunda, erguido há 75 anos, será substituído pela moderna Friends Arena, já em fase final de construção. Antes, porém, Brasil e Suécia voltam a se enfrentar numa partida amistosa amanhã, marcando o último jogo oficial naquele gramado. 

Antes da partida de despedida, jogadores dos times finalistas de 1958 serão homenageados pela rainha Silvia, pelo vice-presidente Michel Temer e pela embaixadora Leda Camargo. Confirmaram presença Pelé, Zagallo, Zito, Pepe, Dino Sani e Mazzolla. Na ocasião, o vice-governador João Lyra Neto receberá uma placa de agradecimento por manter viva a memória do Rasunda em Pernambuco. Os itens doados ao estado ficarão expostos na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.

Colaboração: Félix Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário