sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Governador entrega emergência odontológica da UPA de Nova Descoberta

 Foto: Raul Buarque
O governador Eduardo Campos entregou hoje (10/08) a urgência odontológica, que funcionará 24h por dia, de domingo a domingo, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta. O novo consultório tem capacidade de atender 1.500 pessoas por mês é o 10° instalado no estado.  
Através da Política Estadual de Saúde Bucal (lançada em setembro de 2011), o Governo do Estado vem ampliando o serviço e, até o final da gestão, a meta é implantar 14 unidades odontológicas. O serviço já é oferecido nas UPAs do Curado, Olinda, Paulista e Engenho Velho e em cinco hospitais regionais (Palmares, Limoeiro, Salgueiro, Garanhuns e Serra Talhada). Juntas, as dez unidades em operação têm capacidade de 15 mil atendimentos diários.
Eduardo destacou a importância desses consultórios dentro do serviço público de saúde. “Estamos abrindo urgências odontológicas no estado inteiro, para que a população pernambucana tenha um serviço como esse próximo da sua casa. Só quem já passou por uma dor de dente de madrugada sabe o que é não ter para onde ser socorrido”, pontuou Eduardo.
A equipe odontológica da unidade é formada por sete dentistas e sete auxiliares, que trabalham em regime de plantão. Como acontece em toda rede estadual de saúde, o atendimento é feito de acordo com a classificação de risco. Lá podem ser tratados problemas periodontais (gengiva), alterações na mucosa da cavidade oral, dores nas articulações bucais e problemas decorrentes de acidentes e violência (traumas leves).
Além dos atendimentos de emergência e urgência, a política bucal do estado vai fornecer próteses dentárias e kits de higiene oral, além de adicionar flúor (ao invés do cloro) na água distribuída pela Compesa. Os encaminhamentos para a obtenção das próteses devem partir equipes de Atenção Primária e pelos Centros de Especialidades Odontológicas.
ENSINO INTEGRAL- O governador aproveitou a ocasião para assinar o decreto de desapropriação de um terreno de 4,3 mil m², que fica Avenida Vasco da Gama, 555, próximo da entrada do Sesi do bairro do Vasco da Gama. No local, será construído um novo prédio para a Escola São Sebastião. Com a nova estrutura, a unidade vai ganhar laboratórios específicos, quadra poliesportiva e mais espaço, podendo, assim, oferecer aos alunos da São Sebastião o ensino integral.
 “É um grande terreno onde vamos legar, a todos os bairros que formam a grande Casa Amarela, uma escola nova de referência, que é uma demanda de muitos anos”, afirmou Eduardo. A previsão é que as obras fiquem prontas no segundo semestre de 2014 e que custem cerca de R$ 5,5 milhões. 

Fonte: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário