domingo, 17 de junho de 2012

Noite de homenagens na Câmara de Vereadores de Arcoverde, reuniu sociedade

A Câmara de Vereadores de Arcoverde ficou pequena para o público formado por amigos e familiares de personalidades que fazem parte da história de Arcoverde e que foram homenageadas na noite de sábado (16), na Casa James Pacheco.

A cerimonia foi dividida em dois momentos, um deles a entrega da Medalha de Honra ao Mérito “Cardeal Arcoverde” e em seguida a entrega dos Títulos de Cidadão Arcoverdense. 


A solenidade foi presidida pelo Vereador Luciano Pacheco que também foi autor do Decreto Lei que concede Medalha de Honra Mérito “Cardeal Arcoverde” ao cantor e compositor JOÃO SILVA, e ao Dr. EDUARDO NAPOLEÃO ARCOVERDE (Dentista), bem como a outorga de Título de Cidadão Arcoverdense aos Srs. Luiz José e Augusto Pereira, proprietários dos Cartórios de Registros Civis de Arcoverde.

Estiveram presentes a homenagem, os vereadores Luiza Margarida, Jairo Freire, Niltão e Warley Amaral além de representantes da sociedade civil organizada como o Lions Clube, Loja Maçônica Rio Branco, Loja Maçônica Luz do Sertão, Rotary Clube, 3º BPM, AESA e Cocar 
João Silva, falou da alagria de receber uma homenagem em sua terra natal e destacou que nunca deixou de dizer por onde passava que era filho de Arcoverde e que só foi embora da cidade por que na época os seus sonhos eram maiores do que poderia realizar aqui.
Destacou a importãncia de se valorizar o autêntico forró e da agressão que se as bandas de forró universitário causam ao verdadeiro e autêntico forró.

Luciano Pacheco utilizando a Tribuna da Câmara, demonstrou sua alegria de poder homenagear em vida, pessoas tão importantes da história de Arcoverde, como o Cantor João Silva que nasceu na comunidade rural das Caraíbas e junto com Luiz Gonzaga escreveu grandes sucessos retratando o nordeste e sobretudo a cidade de Arcoverde. Falou ainda do Dr. Eduardo Napoleão e dos Srs. Luiz José e Augusto Pereira, contando histórias engraçadas dos homenageados.
 

Segundo o Vereador Luciano Pacheco, “a idéia de criar um Projeto de Lei que homenageasse através de uma Comenda de Medalha de Honra ao Mérito, foi devido a necessidade de reconhecer através do Legislativo os diversos serviços prestados a sociedade arcoverdense, que tem contribuído para o desenvolvimento de nossa cidade”. 
 

"Se queres me elogiar ou crititicar dize. Se queres me homenagear homenageia, mas o  faças agora. Não espere que morto eu esteja e que os meus ouvidos não mais tenham alcance das tuas palavras. Homenagem se faz aos vivos para que possam se emocionar com as palavras a si dedicadas e com os aplausos calorosos advindos do reconhecimento de um trabalho". 
 
Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário