quinta-feira, 31 de maio de 2012

Música como Instrumento de Inclusão Social beneficia Crianças e Adolescentes em Garanhuns.


Afastar crianças e jovens da vulnerabilidade social através da música é uma das ferramentas da Prefeitura de Garanhuns, através da secretaria de Assistência Social, para possibilitar uma futura profissão a esta Classe no Município. Eles têm entre 10 e 16 anos, pertencem a famílias menos favorecidas que integram os Centros de Referência de Assistência Social – CRAS no Município, localizados nos bairros de Heliópolis, Boa Vista e Magano.

Por meio desses Centros, crianças e jovens aprendem a tocar Violino, Flauta e Violão. Ao todo, 81 alunos são contemplados com a ação, executada no Município desde o ano passado. Empenhados no aprendizado e bem desenvoltos, alguns alunos já se apresentaram em vários eventos no Município, como: a cantata do Colégio Santa Sofia, em Conferências, Capacitações, Confraternizações e eventos nos próprios CRAS. “No currículo de aprendizado conta a experiência de terem tocado em conjunto com a Orquestra de Música Livre de Bom Jardim, do maestro Juliano Barbosa, do Rio de Janeiro”, complementa Laura Alice, coordenadora Geral dos CRAS.

Os cursos de música são realizados em dias e horários distintos no CRAS de cada localidade. Na Boa Vista as aulas de Violino acontecem às sextas-feiras, das 13 as 17 horas. Já no Magano, o curso de Flauta é realizado todos os sábados, de 8 as 12 horas; e no CRAS de Heliópolis,  crianças e adolescentes têm aulas de Violão às quartas e sextas-feiras, das 14 as 16 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário