quarta-feira, 30 de maio de 2012

Em Pesqueira, governador lança o Projeto Pernambuco Mais Produtivo e anuncia a construção de 15 cisternas.

Foto: Andrea Rêgo Barros

O governador Eduardo Campos lançou nesta quarta-feira (30), em Pesqueira, o Projeto Pernambuco Mais Produtivo e anunciou a centenas de agricultores a construção de 15,5 mil cisternas do tipo calçadão. A medida beneficiará 87 municípios do sertão e agreste que passarão a ter abastecimento de água regular. 
Eduardo Campos destacou que a construção dos reservatórios vem somar a outras ações que estão sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado no enfrentamento à estiagem como adutoras, sistemas simplificados de abastecimento e carros-pipa.
            No total, serão investidos R$ 165 milhões no projeto em recursos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e do Governo do Estado. O Pernambuco Mais Produtivo é um projeto da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar em conta com a parceria da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA).
As cisternas que serão construídas possuem 1,80m de profundidade e sete metros de diâmetro. Elas captam a água de chuva através de um calçadão de cimento de 200 m2 construído sobre o solo e tem capacidade para armazenar 52 mil litros de água. Se em um mês chover cerca de 300 milímetros, o agricultor já poderá contar com um reservatório cheio para tocar sua produção. 
O calçadão também é usado para secagem de alguns grãos como feijão e milho, raspa de mandioca, entre outras culturas. Outra vantagem é a  irrigação de quintais produtivos, o plantio de hortaliças e de plantas medicinais, além de auxiliar o fornecimento de água para os animais.

Os agricultores serão capacitados e contratados para construir as cisternas, gerando cerca de mil novos empregos. Eduardo aproveitou a ocasião para pedir a colaboração dos agricultores-pedreiros. “Pisem no acelerador”, brincou.

 A formação dos agricultores ficará a cargo de quatro organizações não governamentais, que assinaram convenio com o Governo do Estado. São elas: as Dioceses de Pesqueira e Caruaru, a Diaconia e o Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor).

O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido; os bispos Dom Dino Marchió, da Diocese de Caruaru, e Dom José Luiz, da Diocese de Pesqueira e prefeitos de 37 municípios se fizeram presentes.
Amannda Oliveira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário