segunda-feira, 16 de abril de 2012

Uma verdade dita por Charles Chaplin nos leva a reflexão.



Na última sexta-feira (13), assistindo ao último capítulo da Aquele Beijo fiquei impressionada com a verdade explicita em um texto de Charles Chaplin me chamou muito a atenção por que foi dita há muitos anos atrás e se apresentou tão atual.

"A cobiça envenenou a alma do homem, levantou no mundo as muralhas do ódio e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, emperdenidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade."

Impossível discordar de uma coisa desta. Não fiz nenhum comentário, por que quero que cada um tire suas próprias conclusões.

Boa semana.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário