segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Whitney Houston cala e a música pop perde parte do seu brilho


Uma das vozes mais lindas que tive o prazer de ouvir calou na noite do último sábado. Morreu aos 48 anos, a cantora e atriz americana Whitney Houston.
A artista foi encontrada inconsciente na banheira de uma suíte do hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills por volta das 15h30 (21h30 no horário de Brasília). Os paramédicos ainda tentaram reanimá-la, mas sem sucesso. Ela foi declarada morta às 15h55, no horário local.

Whitney teve uma carreira cheia de sucessos. Ganhou 40 discos de ouro e de platina e foi sete vezes número um nas paradas de sucesso. Vendeu mais de 14 milhões de cópias em 02 anos entrando para o livro dos recordes " Guinness Book".

É uma tristeza o que as drogas podem fazer com as pessoas. Sempre achei que a voz da Whitney Houston era uma das mais belas que tive o prazer de ouvir e mesmo sabendo o seu histórico com drogas e das idas e vindas aos centros de tratamento, fiquei muito triste ao saber da sua morte.

Segundo os boatos do mundo das estrelas, a atriz teria tomado comprimidos misturados ao álcool e dormido na banheira, morrendo afogada.
Mais uma morte estúpida e desnecessária de uma artista que tinha tudo para brilhar por muitos anos nos palcos da vida e no entanto entra pra história como uma das muitas mortes estúpidas de Hollywood.


Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário