terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Fórum discute ações da Assistência Farmacêutica

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) promove, durante esta semana, o 1º Fórum de Metas e Ações para Fortalecimento dos Serviços Municipais de Assistência Farmacêutica. O objetivo é diagnosticar os serviços públicos de farmácias municipais e, com isso, otimizar e agilizar as ações em conjunto com o Estado. Durante o evento, ainda será apresentado o plano de atividades e investimentos da Superintendência de Assistência Farmacêutica da SES e do Programa de Glaucoma.


O Fórum será realizado nesta segunda-feira (27/02), no auditório do Hospital da Restauração (HR), reunindo representantes das I, II, III, IV, V e XII Gerências Regionais de Saúde (Geres), com sedes em Recife, Limoeiro, Palmares, Caruaru, Garanhuns e Goiana, respectivamente. Na quinta-feira (1º/03), as atividades serão no auditório da IX Geres, em Ouricuri, reunindo, também, representantes das VII e VIII Regionais (Salgueiro e Petrolina). Finalizando o ciclo, na sexta-feira (02/03), no auditório do Hospital Professor Agamenon Magalhães (Hospam), em Serra Talhada, as VI, X e XI Regionais (Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada).
FÓRUM – O superintendente da Assistência Farmacêutica da SES, José de Arimatea, explica que, em 2012, a pasta dará destaque às ações em parceria com a Atenção Primária, de responsabilidade dos municípios. “Iniciamos um novo ciclo nesse seguimento. Isso tem como objetivo apoiar os gestores municipais na qualificação dos serviços municipais de assistência farmacêutica para garantia do acesso contínuo, racional e humanizado aos medicamentos e insumos”, explica o superintendente.
Segundo Arimatea, todos os municípios serão contactados para preencher um questionário sobre a atual situação da assistência farmacêutica. O material será analisado e, posteriormente, a SAF auxiliará com orientação para melhorar a estrutura física e o suporte logístico. Por ano, o Estado investe cerca de R$ 20 milhões em medicamentos e na compra de glicosímetros e fitas reagentes, beneficiando os pacientes diabéticos.
Fonte: Secretaria de Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário