segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Obras do Projeto São Francisco são remobilizadas

Foto: Magno Martins

Sertânia (PE) – Os trabalhos em cinco lotes do Projeto de Integração do Rio São Francisco serão retomados até fevereiro. Nesta segunda-feira (16/1), o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, assinou a ordem de serviço de R$ 132,8 milhões, para continuidade das obras do lote 12, em Sertânia (PE). Nesta semana serão contratadas 93 pessoas e até fevereiro serão 500 carteiras de trabalho assinadas neste trecho.  
Os outros lotes que serão remobilizados são: os lotes 1 e 2, em Cabrobó (PE), na próxima semana; o lote 10, em Custódia (PE),  na primeira quinzena de fevereiro; e o lote 13, em Floresta (PE), em março de 2012. “O momento mais difícil e complicado já passou. Com a conclusão dos ajustes contratuais, estamos remobilizando a obra”, ressaltou o ministro durante a assinatura. 
Com essa remobilização, os únicos lotes que permanecerão interrompidos são: o lote 4,em Verdejante (PE), e o lote 7, em São José de Piranhas (PB). Os contratos desses trechos estão sendo rescindidos em razão do Ministério manter a decisão de não aditar os contratos além dos 25% previstos em lei. Esta decisão determinou a revisão dos contratos vigentes, levantamentos de campo para a promoção de rescisões parciais dos atuais contratos e a preparação de novas licitações. Os trechos de obras que faltam ser feitos serão licitados novamente em fevereiro e o reinício das obras dependerá do andamento dessas novas licitações.
O Projeto São Francisco faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e está orçado em R$ 6,8 bilhões. Já foram pagos R$ 2,8 bilhões até o mês de janeiro e empenhados R$ 4,3 bilhões. No ano de 2011, o Ministério investiu R$ 564 milhões.
Atualmente, o Projeto, que levará água e segurança hídrica para mais de 12 milhões de pessoas nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte, emprega 3.900 trabalhadores e este número deverá alcançar 6 mil postos de trabalho até julho de 2012.  
A contratação de mão de obra é mais um sinal de que o Projeto de Integração do Rio São Francisco não está interrompido ou parado. Estão em construção canais, barragens, aquedutos e túneis. A obra, composta por 700 km de extensão, é dividida em 14 lotes e mais dois canais de aproximação a cargo do Comando do Exército. O Eixo Norte, com 426 km, tem 46% de avanço e Eixo Leste possui 287 km de extensão e conta com 71% das obras concluídas.
Informações: Ministério da Integração

Nenhum comentário:

Postar um comentário