quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Recorde! Disque - denúncia em Pernambuco bate recorde


Depois da pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios, que aponta o uso de drogas em 95,2% das cidades pernambucanas, o disque-denúncia estadual divulgou um balanço da campanha de combate ao crack.
De setembro de 2010, quando foi lançada a mobilização, até outubro deste ano, o serviço registrou 12.617 informações. Dessas, 1.116 no Agreste do Estado.
De acordo com a central, 17% das denúncias tratam apenas do tráfico de crack e os outros 83% da venda da droga aliada a outros tipos de entorpecentes. Em relação ao local de uso ou de venda, quase metade dos registros (48%) revelam que a droga é mais facilmente encontrada nas ruas, seguida pela venda em casas (33%) – também conhecidas como bocas e em estabelecimentos comerciais (3%).
Em 18% dos casos, a venda da droga se dá no horário da noite. Entre as cidades, o Recife é responsável por 49% das denúncias que chegam sobre o crack, seguido por Olinda (15%), Jaboatão dos Guararapes (12%) e Caruaru (11%).
A apreensão de pasta-base de cocaína, usado na produção do crack, aumentou 32% em comparação com o ano passado. Segundo Carmela Galindo, coordenadora da central, as informações repassadas pela população têm contribuído para a redução do tráfico. O telefone do disque-denúncia agreste é o 3719-4545.
Fonte: Portal + AB

Nenhum comentário:

Postar um comentário