segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Morro da Conceição se rende ao samba no aniversário de dois anos do Clube do Samba do Recife

JC OnLine 

O Morro da Conceição se rendeu ao samba durante toda a tarde e começo da noite deste domingo (28). Cerca de 3 mil pessoas compareceram para comemorar o aniversário de dois anos do Clube do Samba do Recife, comandado pela cantora pernambucana Karynna Spinelli. 

O show, realizado na Quadra Central do Morro da Conceição, começou ao meio-dia com a banda pernambucana Pouca Chinfra, que acabou de voltar de sua primeira turnê de samba no Rio de Janeiro. Logo depois, a anfitriã da festa recebeu três convidadas especiais: a sambista paulista Fabiana Cozza, a carioca Luiza Dionízio e a baiana Mariene de Castro. Juntas, as quatro cantoras entoaram a música 'Quatro Cantos', de autoria de Karynna.Fabiana, Luiza e Mariene cantaram os clássicos do samba, acompanhadas de Karynna, que fez um dueto com cada uma. Nem a chuva acabou com a festa no morro, embalada pelo DJ 440, especialista em música brasileira, e prestigiada por gente de todas as idades, lugares e até mesmo de outros estados.

Os cantores pernambucanos Geraldo Maia, Paulinho Leite e representante do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação também subiram ao palco para receber a homenagem do clube pelas contribuições para o samba em Pernambuco. Selma do Samba, o compositor pernambucano Zé Manoel e o sambista Ramos Silva também estiveram por lá prestigiando a festa do ritmo. No final da apresentação, Karynna Spinelli aproveitou para cantar parabéns com todos os convidados e anunciar diversas novidades no cenário do samba no Estado, como a estreia de seu programa na TV Jornal, também chamado de Clube do Samba do Recife, todos os sábados (a partir do dia 10) às 12h45. A comemoração terminou por volta das 19h30, com a banda Galeria do Ritmo.  


HISTÓRIA - O Clube do Samba do Recife começou em agosto de 2009, reunindo cantores e músicos do samba, sempre na Quadra do Morro da Conceição. A proposta da roda de samba era fazer um intercâmbio cultural, levando o ritmo para a comunidade e atrair o público para o Morro, expondo a diversidade cultural do local. Além de levar o samba ao morro, o projeto arrecadou com cada pessoa 2 quilos de alimentos, que serão doados para instituições de apoio à comunidade do Morro da Conceição e outras espalhadas pela cidade. Nos dois anos de projeto, já foram arrecadados mais de 40 toneladas de donativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário