quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Ex-ministros do Meio Ambiente fazem apelo por mudanças no novo Código Florestal

Ex-ministros do meio ambiente defenderam ontem (24), nas comissões de Ciência e Tecnologia , Agricultura e Meio Ambiente que o projeto de reforma de Código Florestal que tramita no Senado precisa deve ser modificado para eliminar brechas para novos desmatamentos, incluir instrumentos econômicos de incentivo à manutenção e recomposição de áreas florestadas e para diferenciar medidas para a agricultura familiar. 


Marina Silva, Carlos Minc, José Carlos Carvalho e o deputado Sarney Filho (PV-MA) ressaltaram que o projeto (PLC 30/11) aprovado na Câmara se caracteriza por resolver passivos ambientais, sem cumprir a função de modernizar a legislação de proteção das nossas florestas. Eles fizeram um apelo aos senadores para que ampliem os debates sobre o assunto e aprovem um texto que atenda aos interesses de todo o país.
O Senado sabe de cor as alterações que devem ser realizadas no texto que veio da Câmara e só não vota se não quiser. Sabemos que no nosso país infelizmente impera a lei do interesse pessoal a cima do público e com o meio ambiente não é diferente. 
Os últimos acontecimentos que temos assistidos embasbacados pelo mundo inteiro como terremotos, inundações, deslizamentos e tornados, mostra que a natureza está cansada de tantos desvairios e que daqui a pouco, nada teremos a fazer. 
Vamos pelo menos uma vez senhores políticos , justificar a confiança que nós brasileiros depositamos em vocês e façam a coisa certa.
Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário