quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Blog Falando Francamente pode ter descoberto o sanfoneiro mais jovem de Pernambuco

Este é  provavelmente o sanfoneiro mais jovem de Pernambuco.

Foto: Amannda Oliviera

Explicações:

Eu sempre digo que uma das missões deste blog é divulgar a cultura pernambucana e descobrir talentos. No último dia 08 de agosto publicamos a seguinte notícia:

Arcoverde realiza 1.º Encontro de Sanfoneiros e recebe Cezzinha do Acordeon

"O Coletivo Cultural de Arcoverde em parceria com o SESC , realiza de 25 a 27 de agosto o 1.º Encontro de Sanfoneiros e Cezzinha Thomas, mais conhecido como Cezzinha do Acordeon, nos confirmou que estará na cidade durante todo o encontro. O sanfoneiro fará um show no evento , dará uma oficina de acordeon e ainda comandará o arrastão de sanfoneiros que faz parte da programação que terá ainda, palestras e diversas oficinas. A abertura do evento será realizada pela Banda Os Pariceiros do Forró. Em breve divulgaremos mais informações e durante o encontro vocês poderão.conferir uma entrevista com Cezzinha aqui no blog. Aguardem!!!

 Na época, um dos comentários nos chamou muito a atenção ao dizer:

Meu filho tem 7 anos, toca acordeon, gostaria de saber como faço para ele se apresentar neste encontro, como fazer para participar, gostaria de maiores detalhes, desde já agradeço.  
Paulo Filho

Pedi ao Paulo que nos fornecesse o seu e-mail para que entrássemos em contato com ele, mas infelizmente , ele não o fez. Procurei quase um mês por ele , perguntando a todos os sanfoneiros que conhecia quem tinha um filho que tocava sanfona e nada. 
No dia 16 de agosto ao postar a programação completa do I Encontro de Sanfoneiros , fiz um apelo para que ele aparecesse ao evento e levasse o filho.

O Encontro:

Nesta quinta-feira (25), durante a abertura da Oficina sobre a história da sanfona ministrada por Lêda Dias, um senhor se aproximou de mim e me perguntou seu eu era a moça do blog e ao ouvir a minha confirmação disse: Eu sou o pai do menino que toca sanfona e que tem 07 anos, fui eu que escrevi para o seu blog e queria lhe apresentar o meu filho. 

Marcamos de nos encontrar a noite durante a apresentação que reuniria dez sanfoneiros de Arcoverde e onde finalmente eu poderia descobrir este prodígio e melhor, fazer com que todos pudessem conhecê-lo. E após quase um mês de buscas eu tive o prazer de conhecer pessoalmente Pedrinho do Acordeon. Na hora, eu cheguei a pensar que ele devia enrolar , tocar de forma descoordenada, mas o danadinho acompanhou o pai em duas músicas e foi acompanhado por ele tocando Asa Branca de forma perfeita e como o pai dele ia se apresentar no evento ele foi junto.

Confiram:


É engraçado, por que todos conhecíamos o pai do Pedrinho, mas não tínhamos a menor ideia de que ele existisse. Paulo nos contou que desde que tinha 05 anos Pedrinho ganhava dele instrumentos musicais. Primeiro veio o teclado, depois guitarra e violão, mas que a grande paixão dele sempre foi a sanfona. 

Paulo e Pedrinho
Foto: Amannda Oliveira

Ele se apresentou e emocionou o público repleto de sanfoneiros alguns com anos de carreira como  seu Zezinho que não conteve a emoção ao ver uma criança tocando com tanto amor uma música que é um hino do nordestino.

Com os olhos marejados olhou pra mim e disse: pensei que você estava brincando quando falou de um menino de 07 anos que tocava sanfona. 

São crianças como Pedrinho que representam para nós nordestinos a esperança da renovação diária da nossa cultura pernambucana.

Amannda Oliveira 

Um comentário:

  1. Amannda, parabéns pela descoberta. Quando esse menino subiu ao palco, todo mundo pensou que a sanfona dele era de plástico e todos ficamos pasmos quando ligaram um fio a sanfona dele e ele desatou a tocar como gente grande. Eu tinha visto vc conversando com ele e o pai no refeitório , mas não imagina que a entrevista era por conta do menino que tocava sanfona nunca. Emocionante! Um Abraço. Eduardo

    ResponderExcluir