sábado, 16 de julho de 2011

O Pop deu o tom na segunda noite do Festival de Inverno de Garanhuns

Foto: Amannda Oliveira
Nem a chuva que caiu a noite inteira, foi capaz de apagar o fogo que saia do palco e invadia o público na Guadalajara. Sem sombra de dúvidas, na segunda noite do Festival de Inverno de Garanhuns o Pop deu o tom. A primeira atração da noite foi a banda de Garanhuns Rogério & os Cabra. Em seguida foi a vez da banda mineira Pato Fu, o grupo fez um show em que puderam ser ouvidas grandes canções da banda tanto as mais recentes, como Anormal e Amedoin, como os bons momentos em que o Fu relembrou músicas como Mamãe Ama é Meu Revolver e Capetão 66.6 FM.
Foto: Amannda Oliveira
 Na sequência, o ex titã Nando Reis e os infernais subirem ao palco e mostrar que tem fãs fiéis. O cantor, fez o público cantar pular com  Segundo Sol, Marvin , All Star,  Do Seu Lado. Nando ainda surpreendeu o público ao cantar Frevo Mulher, uma parceria entre Zé Ramalho e Lula Côrtes.
Foto: Amannda Oliveira
O pernambucano Otto subiu ao palco da Guadalajara e apresentou músicas de seus três discos. Músicas como Filha, Saudade e 6 Minutos levaram a praça ao delírio.
Foto: Amannda Oliveira
Quem encerrou a noite foi o cantor Roberto Frejat que fez o público de mais de 60 mil pessoas cantar e esquecer a forte chuva que caia na cidade das flores. Pessoas de diversas gerações do pop rock deliraram com um repertório escolhido a dedo com hits que marcaram gerações e também músicas atuais. Frejat tocou músicas da época do Barão Vermelho como Menor Abandonado e Bete Balanço, e fez um desfile de sucessos por outros autores e cantores consagrados como Réu Confesso de Tim maia, Você não entende nada de Caetano veloso, veio Lulu Santos com Noite de prazer, Cláudio Zoli com Tocando B.B.King sem parar acompanhado pelo público. 


Amannda Oliveira




Nenhum comentário:

Postar um comentário