quinta-feira, 24 de março de 2011

Companhia Siderúrgica de Suape sai do papel

       Executivos do grupo Danieli, parceiro tecnológico da Cone S/A na Companhia Siderúrgica Suape, anunciaram hoje (24), durante encontro com o governador Eduardo Campos em Milão, que a inauguração da CSS será antecipada.

   Diretor de Operações da Danieli, Frank Alzetta apresentou o novo cronograma de investimentos da companhia para Pernambuco. Antes prevista para operar apenas em 2014, a CSS abrirá as suas portas dois anos antes, no último trimestre de 2012.

     “De início, a Companhia Siderúrgica Suape vai produzir os perfis, os tubos e as estruturas de aço. A expectativa é que, um ano depois, ela opere fabrique também as bobinas de aço”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio.

     Anunciada em dezembro de 2010, a CSS será a primeira laminadora de aços planos do nordeste e vai produzir, por ano, cerca de 1 milhão de toneladas de laminados a quente, a frio e revestidos. A planta está orçada em mais de R$ 1,5 bilhão e é o primeiro grande empreendimento atraído pela plataforma de negócios Cone S/A, empresa formada pela construtora Moura Dubeux e pelo Fundo de Infraestrutura/FGTS, gerido pela caixa Econômica Federal.

     Mais de três mil empregos serão gerados na sua construção – que será iniciada dentro de 90 dias – e outras 800 novas vagas de trabalhos permanentes serão abertas no pico de operações.

     Pernambuco e Itália nunca estiveram tão próximos. Quando nós percebemos as áreas de fronteira de investimento, seja de petróleo e gás, naval, siderurgia, alimentos, turismo ou entretenimento, grupos italianos começam a chegar e ajudar na consolidação desse ciclo de crescimento. E aí temos, com muita clareza, a firme imagem que na União Européia é a Itália, com certeza, a parceira prioritária na relação com o Nordeste brasileiro.

 Informações SEI

Nenhum comentário:

Postar um comentário