segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Ronaldo dá adeus a carreira aos 34 anos


Foto: Marcos Ribolli / GLOBOESPORTE.COM

O mundo inteiro voltou seus olhos hoje para o Brasil, tudo para assistir Ronaldo Nazário (fenômeno) não marcar um gol ou fazer dribles perfeitos como tivemos o prazer de assistir muitas e muitas vezes, mas pra vê-lo se despedir daquilo que foi sua paixão uma vida inteira e que o levou a ganhar o mundo pela sua garra e determinação: O FUTEBOL.

Acompanhado pelo filhos Ronald e Alex, o jogador  chegou ao Centro de Treinamento do Corinthians e discursou para os companheiros, membros da comissão técnica e diretoria e foi aplaudido e abraçado de pé por todos.

A coletiva de impresa teve início com a seguinte frase: "Estou aqui para falar que estou encerrando a carreira como jogador profissional. E dizer que essa carreira foi linda, maravilhosa e emocionante".

O craque antecipou o seu adeus ao futebol com duas justificativas: o hipotireoidismo e as constantes dores.

Emocionado ele declarou "  Todos sabem do meu histórico de lesões. Tenho tido, nos últimos anos, uma sequência de lesões que vão de um lado para o outro, de uma perna para a outra, de um músculo para o outro. Essas dores me fizeram antecipar o fim da minha carreira. Além disso, há quatro anos eu descobri, quando estava no Milan, que sofria de um distúrbio que se chama hipotireoidismo. É um distúrbio que desacelera o metabolismo e que para controlá-lo é necessário tomar alguns hormônios proibidos no futebol por poder acusar doping. Imagino que muitos devem estar arrependidos por terem feito chacota sobre o meu peso, mas eu não guardo mágoa de ninguém", disse emocionado.

Ronaldo Fenômeno como Galvão Bueno o apelidou e o mundo concordou, deu uma lição de vida a muitos de nós brasileiros quando depois da brutal contusão na Inter lutou como um leão e conseguiu se recuperar e voltar para comandar Brasil na Copa de 2002 e nos deu conquista do Penta, aliando velocidade, técnica e amor pelo futebol e pelo seu país.


Foram ao todo 471 gols marcados, em passagens por clubes como Cruzeiro, PSV, Barcelona, Inter de Milão, Real Madrid, Milan, Corinthians e Seleção Brasileira.
Eleito três vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa.

Ronaldo se despede do futebol com dois grandes títulos mundiais o de 1994 e o de 2002 e sai com status de um dos maiores artilheiros do mundo. Amado e admirado por torcedores e companheiros de trabalho.

 O mundo hoje fica de pé e te aplaude Ronaldo pelo gigante que você é , e por todas as vitórias e lindas imagens que o seu futebol arte nos proporcional.




MUITO OBRIGADA RONALDO!!!!
 

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário