sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dia do Professor!

Hoje é um dia especial , é o dia do professor. Especial sim, pr que se pararmos pra pensar , este profissional é uma figura de grande importância na vida de cada um de nós que tivemos a oportunidade de frequentar uma escola. 
Um bom mestre, nos impulsiona a ir longe, nos incentiva a ser cada vez melhor que pensamos ser, um mal professor, pode arruinar a vida de um aluno quando diz em sala de aula que ele não vai dar pra nada.

Tenho saudades de alguns professores que e tive, mesmo aqueles com quem na época não me dei tão bem. Me peguei pensando nas tias Valdete e Maria José, no Anilton (bicho ruim - como eu chamava), Adelmo, Herivelton, dona Iraci, Edson, Vital que me ensinou a ler e falar em público, Edimilson, Eraldo, Evandro, Zélia, o saudoso Iraniel.
Creio que devo parte do que sou a cada um deles.
Infelizmente, os alunos nos dias de hoje , não respeitam os professores e por vezes até os agridem. Vamos valorizar cada vez mais o professor, respeitá-los, por que eles merecem.

A cada professor que eu tive, os citados ou não, o meu muito obrigada por tudo.

Feliz dia do professor!!!!

Amannda Oliveira

Um comentário:

  1. Indignação

    Augusto Souto



    Sou professor da rede pública do Estado de Pernambuco há mais de 20 anos e venho aqui expressar sentimentos que acredito ser de toda nossa categoria profissional: Indignação, baixa estima, decepção, desânimo, insegurança no futuro e humilhação. Tenho ouvido palestrantes afirmar que estamos vivendo a Era do Conhecimento e que o profissional que se destaca neste contexto, no caso, o Professor deveria ser mais Valorizado. Ora, se esta afirmação é verdadeira então acredito que o Governo de nosso Estado continua como os anteriores bastante desatualizado ou desinformado quanto a isso, pois aqui o profissional em Educação é o mais esquecido, humilhado constantemente aviltado em seus direitos, como vimos este ano através da Lei 154, que praticamente rasgou o nosso Plano de Cargos e Carreira, onde a partir dela uma merendeira que possivelmente ainda não é valorizada como merece, ganhará mais que um Professor com 20 anos de Carreira e com Mestrado, esta e a grande valorização e incentivo que temos no atual Governo quando nos propomos a nos capacitar e consequentemente melhorar a Educação do nosso Estado.. Queremos que fique bem claro que não pretendemos desmerecer as nossas companheiras merendeiras e sim demonstrar a quanto chegou à desvalorização e falta de incentivo aos professores em PERNAMBUCO.

    Destes mais de 20 anos em que sirvo ao Estado exercendo esta profissão que alguns equivocadamente denominam de sacerdócio, só tenho ouvido promessas e nada de concreto foi realizado em nosso benefício; a falácia que a Educação será prioridade está caracterizada em todos os discursos nos períodos eleitorais independentemente do Partido político e quando assumem logo as promessas são esquecidas; neste Governo, por exemplo, são gastos milhões de reais em Propaganda para demonstrar a população que está se investindo em Educação, que os professores receberam notebooks, assinaturas de jornais e revistas (já canceladas) e esquecem de dizer que continuamos a receber o pior salário do Brasil. Portanto, não queremos “ESMOLAS” e sim salários dignos para que possamos escolher os notebooks, jornais e revistas que quisermos e não aqueles superfaturados para caixa de campanha e para calar a imprensa local. A Secretaria Prioriza a burocracia e relega o pedagógico, onde nossa caderneta mais parece um instrumento de tortura.

    Você que lê este texto, faça uma visita a uma escola pública próxima de sua residência e converse com qualquer Professor e constatará que o que digo é a mais pura VERDADE.Enquanto os nosso alunos vivem plenamente a era da informatização, os nossos Laboratórios de Informática sequer tem uma pessoa responsável por seu funcionamento e não são disponibilizados o mínimo de recursos para sua utilização (tinta para impressoras, atualização de softwares, papel, etc)
    Diante disso, o que vemos é o êxodo de competentes profissionais de nosso Estado, migrando para Estados vizinhos e até mesmo abandonando a profissão para exercer outra função, simplesmente porque o seu salário não está sendo suficiente para sustentar sua família com dignidade. Infelizmente, hoje 15 de Outubro, nosso dia, em Pernambuco não temos nada a comemorar.

    ResponderExcluir