terça-feira, 10 de agosto de 2010

Seminário Nacional Joaquim Nabuco e a Nossa Formação

Nos dias 19 e 20 do corrente , a Fundação Joaquim Nabuco, realizará o Seminário Nacional Joaquim Nabuco e a Nossa Formação .

O evento chama atenção para as idéias e princípios deste pernambucano, abolicionista, político e diplomata.

Joaquim Nabuco viveu eu um período de significativas mudanças para o Brasil, presenciando e participando ativamente do processo de abolição da escravatura, da transição do regime Monárquico para o Republicano, do estabelecimento das bases do capitalismo industrial no país e dos debates sobre temas fundamentais que ainda estão em busca de soluções na atualidade: a democracia, a igualdade de direitos sociais e civis e de oportunidades para os cidadãos, o acesso à terra, à educação, à saúde e à cultura.
A obra de Nabuco é uma importante fonte para estudos e interpretações sobre as raízes da organização do Estado Nacional e, particularmente, para a percepção e o entendimento das contradições do pensamento social da política brasileira: conservador, elitista e autoritário, mas também reformista, modernizador, radical e democrático.

A palestra terá como convidados:
 
* ALBERTO DA COSTA E SILVA - ITAMARATY

* ÂNGELA ALONSO - PROFESSORA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)
* CHRISTIAN EDWARD CYRIL LYNCH - PROFESSOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE (UFF )
* HEBE MATTOS GOMES DE CASTRO - PROFESSORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE (UFF )
* IZABEL ANDRADE MARSON - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (IFCH)
* JOSÉ THOMAZ NABUCO FILHO - REPRESENTANTE DA FAMÍLIA NABUCO
* LESLIE BETHELL - PROFESSOR DA UNIVERSITY OF LONDON
* LILIA MORITZ SCHWARCZ - PROFESSORA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)
* MARCO AURÉLIO NOGUEIRA - PROFESSOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP )
* MARIA HELENA PEREIRA TOLEDO MACHADO - PROFESSORA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)
* RAFAEL SANZIO DOS ANJOS - UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB)

* ROBERT WAYNE ANDREW SLENES - PROFESSOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (UNICAMP)

Confira a programação:

Dia 19/08/2010 (quinta-feira)


Manhã

8h30: Mesa Solene de Abertura
Fernando Lyra* - Presidente da Fundação Joaquim Nabuco
Thomas A. Shannon Jr*. - Embaixador dos Estados Unidos no Brasil
Eduardo Campos - Governo do Estado de Pernambuco
9h30 - Conferência de abertura: Ângela Alonso - Professora da Universidade de São Paulo (USP) - Título da conferência: O príncipe e seus reinados.
10h30 - Mesa Redonda 1
Temática: A contemporaneidade das idéias políticas de Joaquim Nabuco
A mesa trata da visão política de Nabuco, discute a importância das suas ideias para a construção e a compreensão da nação brasileira. Ainda que monarquista convicto, e em tudo ligado por afinidades familiares, intelectuais e político-ideológicas ao regime recém-deposto, discute-se que papel e inovação política teve Joaquim Nabuco.

• José Thomaz Nabuco Filho* - Representante da família Nabuco - "Minha formação": uma autobiografia.
• Marco Maciel* - Senador da República/Membro da Academia Brasileira de Letras - A presença de Joaquim Nabuco na política brasileira: do Império à República;
• Leslie Bethell* – Professor Emérito da University of London e da University of Oxford – O Brasil entre a Europa, os Estados Unidos e a América Espanhola no pensamento de Nabuco.
• Coordenação: Morvan Moreira* - Diretor da Diretoria de Pesquisas Sociais/FUNDAJ.
* Participação confirmada

Tarde

14h30 - Mesa Redonda 2

Temática: A influência de Nabuco no pensamento social brasileiro

A mesa debate o valor histórico e social da obra de Joaquim Nabuco e de suas ideias na construção do pensamento social no Brasil. Entre a Monarquia e a República, a história brasileira foi marcada por discussões a respeito da inclusão dos negros, dos índios e dos mestiços na vida social, política e econômica do país. Essa conjuntura levanta uma discussão sobre raça, cultura e nação no pensamento de Nabuco.

• Marco Aurélio Nogueira* - Professor da Universidade Estadual Paulista (UNESP) - A influência de Nabuco no pensamento social brasileiro;

• Lilia Moritz Schwarcz* - Professora da Universidade de São Paulo (USP) - Escravidão, Nabuco e o fim do Império;

• Christian Edward Cyril Lynch* – Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) - O Império é que era a República: a década antirrepublicana de Joaquim Nabuco.

• Coordenação: Humberto França* - Museu do Homem do Nordeste/Diretoria de Documentação/FUNDAJ;

19h - Coquetel de congraçamento e lançamento da reedição do livro O Encontro de Joaquim Nabuco com a política. As desventuras do liberalismo, de autoria do professor Marco Aurélio Nogueira - Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Dia 20/08/2010 (sexta-feira)

Manhã

9h - Mesa Redonda 3

Temática: Joaquim Nabuco e o trabalho escravo: a transição “inacabada”

A mesa trata da transição da mão de obra escrava para o trabalho livre e discute a herança da escravidão como um dos principais problemas que ainda hoje enfrenta a sociedade brasileira.

*Participação confirmada

• Robert Slenes* - Professor da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - Demografia da escravidão nos últimos anos do Império;

• Izabel Andrade Marson* - Professora da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - Joaquim Nabuco e o debate sobre a escravidão no Brasil na década de 1988;

• Cristovam Buarque* - Senador da República e professor da Universidade de Brasília (UNB) - A incompletude da Abolição e a questão da educação;

• Coordenador: Anco Márcio Tenório Vieira* Professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Tarde

14h30 - Mesa Redonda 4

Temática: Marcas da escravidão no Brasil contemporâneo e os prenúncios de Joaquim Nabuco

A mesa objetiva discutir as marcas da escravidão na sociedade brasileira. Conforme disse Joaquim Nabuco: “O nosso caráter, o nosso temperamento, a nossa organização toda, física, intelectual e moral, acha-se terrivelmente afetada pelas influências com que a escravidão passou trezentos anos a permear a sociedade brasileira.”

• Maria Helena P. Toledo Machado* - Professora da Universidade de São Paulo (USP) – Trabalho, luta e resistência: revoltas escravas e a construção da cidadania na sociedade brasileira;

• Rafael Sanzio dos Anjos* - Professor da Universidade de Brasília (UNB).

• Hebe Mattos Gomes de Castro* – Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF) - Memórias da escravidão e suas influências na sociedade brasileira.

• Coordenador: Edvaldo Mendes Araújo (Zulu Araújo)* - Presidente da Fundação Cultural Palmares - MINC.

*Participação confirmada

17h30 - Conferência de encerramento: Alberto da Costa e Silva* – Itamaraty / Doutor Honoris Causa pela Universidade Obafemi Awolowo - Nigéria – Nabuco e a África.

Coordenação: Leda Alves* – Teatróloga e Representante da Comissão Estadual do Ano Joaquim Nabuco

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário