sábado, 5 de junho de 2010

Igrejas Presbiterianas Abrem as Portas no Combate ao Crack

Esta semana a luta contra o crack em Pernambuco Ganhou novos espaços. Estou me referindo as Igrejas Presbiterianas que vão   cender os seus espaços  para ações de cunho preventivo. Em entrevista concedida ao Bom Dia Pernambuco, o Pastor Reginaldo Borges que também é Presidente do Conselho dos Direitos do Idoso de Pernambuco - CEDI e o Secretário Executivo de Desenvolvimento e Assistência Social  Acácio Carvalho forneceram informações sobre a parceria .

Como geralmente as igrejas passam a semana de portas fechadas a Ideia é disponibilizar estes espaços para o desenvolvimento de atividades preventivas. Segundo o Pastor Reginaldo "Haverá uma reunião das igrejas para ceder os espaços que o governo precisa para trabalhar, nas comunidade, no combate as drogas." Também destacou que as igrejas tem um acesso mais fácil junto a comunidade por estar nela inserida. Acácio Carvalho destacou que "Iniciativas como esta são fundamentais, e um dos temas de ações sociais integradas. Estamos capacitando 20 mil pessoas que visitarão um milhão de famílias e que vão aplicar o protocolo do crack, que é preventivo". Todo o Processo de capacitação será bancado pelo Estado.

Se você quer fazer parte desta luta de combate ao crack em Pernambuco e é de alguma organização social, igreja, faculdade ou até mesmo como voluntário entre em contato com a CENTRAL DO VIDA NOVO pelo TELEFONE  0800 281 6093 ou no site www.sigas.pe.gov.br e clique em REDE ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO AO CRACK.


Não Fique de fora, esta é uma luta que ser deve ser travada em Conjunto pelo Estado, Igrejas, Sociedade Civil e CADA UM DE NÓS CIDADÃOS PERNAMBUCANOS.
O mal as vezes está perto de nós, na nossa casa, na casa de alguém da família , amigos. Não sejamos omissos. Vamos a Luta !!!!!

Amannda Oliveira

2 comentários:

  1. Parabéns às igrejas que tomaram esta atitude!
    e que cada um faça sua parte, tanto aí como aqui!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É verdade Nathi, cada um de nós precisa fazer a sua parte, mesmo que parece pouco, mas se cada uma fizer o seu pouco, acredito que teremos um todo bem melhor. Um Abraço.

    ResponderExcluir