sábado, 12 de junho de 2010

12 DE JUNHO É DIA MUNDIAL DE COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

Dia 12 de junho, não é só DIA DOS NAMORADOS é também o DIA MUNDIAL DE COMBATE AO TRABALHO INFANTIL. E uma loucura como todos os sites, revistas e televisão devido ao dinheiro que ganham com o dia dos namorados abafarem uma coisa tão importante quanto a luta para acabar com um mal que tanto afeta o nosso Brasil.             Já se passaram dez anos desde que a Convenção nº 182 da Organização Internacional do Trabalho, que trata das Piores Formas de Trabalho Infantil, entrou em vigor. Mais de 90% dos 182 Estados membros da OIT ratificaram esta Convenção.

Milhões de crianças trabalhadoras se beneficiaram dos princípios da Convenção que proíbe práticas como o uso de crianças em escravidão, trabalhos forçados, tráfico, servidão por dívida, exploração sexual, pornografia, recrutamento militar e conflitos armados e outras formas de trabalho que podem oferecer riscos à saúde física e moral dessas crianças.

No entanto, apesar dos avanços, ainda há muito para se fazer. Muitas crianças ainda estão presas em formas inaceitáveis de trabalho. Os Estados-membros da OIT estipularam o objetivo de eliminar as piores formas de trabalho infantil até o ano de 2016. Para alcançar este objetivo é necessário aumentar o esforço e comprometimento. O pretendido seguimento à Conferência Global, de maio de 2010, será uma oportunidade para que os países avaliem os progressos obtidos e quanto ainda resta para alcançar a meta pretendida.

Essa é uma luta de toda a sociedade, cabe a cada um de nós não empregar crianças por serem mão de obra barata, sensibilizar os pais para que eles deixem os filhos terem a chance que eles não tiverão : ESTUDAR E SER CRIANÇA.
Nós podemos fazer a diferença denunciando a exploração sexual de menores, o trabalho escravo. Cidadania também passa por ai, em fazer ao outro algo que o torne um cidadão com plenos direitos de fato e não apenas no papel.
Hoje DIA MUNDIAL DE COMBATE AO TRABALHO INFANTIL . Olha em torno da sua casa, está tudo bem com as crianças?

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário