quarta-feira, 19 de maio de 2010

Aprovada o Uso de Pulseira com Rastreador

Hoje foi o dia das aprovações no Senado. Foi aprovado o uso de pulseira com rastreador em presos de baixa periculosidade.

O equipamento deverá ser utilizado em presos condenados que são considerados de baixa periculosidade e que se encontrem em progressão de regime, bem como nos dias em que são liberados para visitarem as famílias como no Natal, Dia da Mães , Dia dos Pais , etc....
A pulseira terá um rastreados elétrico que permitirá a localização dos detentos onde quer que estejam.
Segundo o autor do projeto, senador Magno Malta (PR-ES), o rastreador também poderá ser usado em presos que tenham cometido crimes ocasionais, sem intenção ou no caso de homicídio culposo.
O uso da tecnologia é mais barato do que manter o bandido na prisão. Uma vez que o rastreador custa R$ 400,00 e um preso R$ 1,5 mil.
Agora, como é que se tem redução de pena e ressocialização com um sistema carcerário vergonhoso como o do Brasil? E, como esse monitoramento será efetuado se a infra-estrutura de boa parte dos presídios é um caos? Quem ficará com a responsabilidade de realizar este monitoramento? Ou seremos nós, cidadãos de bem que ficaremos a mercê destas pessoas?
Digo a mercê, por que todos sabem que os feriados boa parte deles aproveita a liberação da visita pra fugir e outros roubam. Será que este monitoramento não poderá ser ludibriado?
O texto segue agora para o Presidente Lula sancionar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário