domingo, 27 de setembro de 2009

“Caravana da Cidadania passa por Arcoverde”

O Projeto Caravana da Cidadania é uma proposta do Ministério Público de Pernambuco – MPPE que visa interagir com a sociedade.
Nos dias 24 e 25 de setembro, foram realizadas oficinas do referido projeto aqui na cidade de Arcoverde, tendo como vertente social o foco na pessoa idosa.

Segundo O Dr. Marco Aurélio de farias, um dos idealizadores do projeto, o mesmo tem como objetivo “auxiliar a sociedade a encontrar soluções para seus problemas de forma resolutiva, ou seja, a própria sociedade conhecendo e encaminhando os seus problemas para a promoção do bem comum.”

O projeto vencedor do concurso de Talentos da Maturidade, promovido pelo Banco Real, tem sua atenção voltada a promoção dos conselhos do idoso, que como representação social, exerce poder estatal e auxilia o Ministério Público a se aproximar do cidadão.
Foram abordados temas como a Política Nacional e Estadual do Idoso, o CEDI (Conselho Estadual do Direito do Idoso), a Rede Nacional de Proteção a Pessoa Idosa e Orçamento Público.
O evento contou com a participação de 13 municípios do Agreste e Sertão, usuários, estudantes do curso de serviço social de Arcoverde, representantes governamentais e não governamentais.

O Dr. Paulo Lapenda (MPPE) se dirigiu aos universitários pedindo que levassem para a faculdade o exemplo de exercício da cidadania.
Edusa Pereira, ex-presidente do CEDI/PE, mostrou que os esforços pela luta dos direitos do idoso, precisam avançar, uma vez que os maus tratos e desrespeito têm crescido vertiginosamente.

O encaminhamento acordado no evento foi de que os municípios presentes que não possuem conselho do idoso farão a sua implantação, e após aproximadamente 06 meses a Caravana retornará a cidade para conferir o que foi realizado e o que deve ser ajustado.
            Em um país onde 44% da população estão à cima de 60 anos, e desrespeita os seus idosos, faz-se necessário, que mais iniciativas como estas sejam criadas e apoiadas.
            

Nenhum comentário:

Postar um comentário