quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Sesc apresenta em Garanhuns mostra fotográfica sobre tradições do povo Pankará

setembro 30, 2021

Exposição “Pankará: Encantados da Serra”, do fotógrafo e produtor cultural Eric Gomes, entra em cartaz nesta quinta-feira (30/09), às 17h, na Galeria de Artes Ronaldo White.

 

Foto: Eric Gomes

O Centro de Produção Cultural, Tecnologia e Negócios do Sesc (CPC), localizado em Garanhuns, retoma as atividades da Galeria de Artes Ronaldo White com a exposição “Pankará: Encantados da Serra”, uma mostra fotográfica do fotógrafo e produtor cultural Eric Gomes, que traz um debate sobre identidade, território e representação no sertão de Pernambuco. A abertura será nesta quinta-feira (30/09), às 17h. A exposição financiada pelo Governo do Estado através do FUNCULTURA tem curadoria de Diógenes Moura e fica em cartaz até 31 de janeiro de 2022, com visitação gratuita de segunda a sexta, das 9h às 12h e da 13h às 18h. Escolas e instituições podem agendar horários especiais para visitação pelo telefone (87) 3761-2658.

O público poderá contemplar através das 31 imagens e um vídeo um apanhado do trabalho de documentação realizado por Eric Gomes em quase dez anos de parceria com o povo Pankará da Serra do Arapuá, localizada na área rural de Carnaubeira da Penha. “Ao longo desse tempo, consegui aprovar um projeto de pesquisa no Funcultura em 2015 chamado de Encantados da Serra, através do qual pude compreender as relações que existem entre território, identidade e representação e formular conceitualmente essa exposição. O grande estalo veio durante uma conversa com dona Emília Pankará, mãe da cacique Dorinha Pankará, quando indagou: ‘quem disse que não sou índia? Só porque sou preta e tenho o cabelo ‘ruim’?’”, explica Eric

Com um vasto acervo fotográfico em mãos, Eric conseguiu aprovação da exposição pelo Funcultura, em 2019. Em princípio, a mostra seria apresentada em 2020, mas precisou ser adiada por causa da pandemia do novo coronavírus. As imagens trazem, também, uma reflexão sobre a relação histórica entre o povo Pankará da Serra do Arapuá e o quilombo-indígena Tiririca dos Crioulos com seus laços políticos, familiares e religiosos. Além disso, a articulação nacional com outros povos através das imagens registradas em Brasília durante três edições do Acampamento Terra Livre – ATL, quando indígenas de todo o Brasil se reuniram para trocar experiências políticas, formular e cobrar do governo ações de proteção ao território e viver indígena.

Eric Gomes – nascido no Recife, Eric se formou em 2002 em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco. E foi durante as aulas práticas pelo interior do estado que surgiu a paixão pela fotografia, porque precisava registrar com imagens as características das áreas visitadas para produzir os relatórios das disciplinas. Após a graduação, chegou a ensinar em escolas, mas acabou se entregando de vez à fotografia, fazendo especializações.

Serviço: Exposição “Pankará: Encantados da Serra”
Abertura oficial: quinta-feira, 30 de setembro
Horário: 17h
Local: Galeria de Artes Ronaldo White do CPC – Rua Manoel Clemente, 136 – Centro
Visitação: de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h
Entrada gratuita
Informações: (87) 3761-2658

Informações: Claudio Rodrigues

Itacuruba realiza Projeto Hiperdia com ações de saúde para a população

setembro 30, 2021

A prefeitura de Itacuruba vem realizando uma série de ações junto a população do município voltadas a saúde. 

O projeto Hiperdia está levando diversas ações para as unidades básicas de saúde.  Neste dia 30, quem recebeu as ações foi a UBS Elias. A população participou de palestras, orientações médicas, aferição de pressão arterial, teste de glicemia avaliação de nutricionista e outras atividades realizadas pelos profissionais do município, visando a prevenção de doenças e a promoção da saúde da população.

Informações: Ascom


Acesso à Praia de Muro Alto será requalificado pelo Governo do Estado

setembro 30, 2021

Processo licitatório para contratação da empresa foi concluído nesta quarta-feira (29). Iniciativa integra o Caminhos de Pernambuco e tem investimento de R$ 934 mil

Foto: Matheus Ribeiro

O Governo de Pernambuco avança nas ações voltadas para a requalificação dos acessos às praias. Nesta quarta-feira (29), foi publicado no Diário Oficial o resultado do processo licitatório para contratação da empresa que irá requalificar o acesso à Praia de Muro Alto, um dos trechos mais importantes do turismo do Estado no Litoral Sul. A iniciativa, que também integra o Plano Retomada, lançado em agosto, foi executada com um investimento de R$ 934 mil.
 
O trabalho faz parte do planejamento do Programa Caminhos de Pernambuco e é coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). As intervenções vão contemplar o trecho de 0,7 quilômetros entre o Hotel Marulhos Resort e o Nannai Residence. A previsão é que as obras tenham duração de cinco meses, após a assinatura da ordem de serviço.

“A requalificação do acesso a Muro Alto vai contribuir para potencializar o turismo da região, que já é bastante consolidado, proporcionando um deslocamento com mais segurança e conforto para quem circula pela localidade. O planejamento e a execução de ações voltadas para a melhoria da infraestrutura viária no Litoral Norte e Sul de Pernambuco vão beneficiar, ao menos, 12 rodovias estratégicas, a um aporte de cerca de R$ 80 milhões”, destaca a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista.
 
Dentre os serviços programados, será executada a readequação do segmento através da remoção do revestimento em paralelepípedo e posterior implantação de estrutura de pavimento com bloco intertravado. Além disso, serão realizados trabalhos de terraplenagem, drenagem e sinalização vertical e horizontal.

“Esta intervenção no acesso a Muro Alto atende um pleito do trade turístico de Porto de Galinhas, que é o principal destino indutor do turismo no Estado, por isso a importância da obra. O Governo do Estado entende que investir em suas estradas é também investir no turismo, que é uma atividade geradora de emprego e renda. Este anúncio e, em breve, a assinatura da ordem de serviço, com a secretária Fernandha Batista, é mais um passo primordial que está sendo dado nesta retomada do setor”, avalia o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.  

A secretária Fernanda Batista reforça que investimentos deste tipo são estratégicos, pois, além de fortalecerem o turismo, ajudam a impulsionar a economia, a partir da geração de emprego e renda, sobretudo, nesse momento de retomada econômica.

Ascom

Adagro intensifica orientação e fiscalização sobre uso e transporte da “cama de aviário”

setembro 30, 2021

Foto: Pixabay
 

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro/PE), intensificou a fiscalização em todo o Estado para evitar que a cama de aviário, mais conhecida como “cama de frango”, seja utilizada como alimento para ruminantes. A prática é proibida pela legislação federal e estadual que regulamentam também o transporte e a utilização correta como adubo orgânico com o objetivo de evitar a incidência da mosca-dos-estábulos em municípios da Mata Sul e Agreste.

Diante da divulgação dos casos recentes de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como “mal da vaca louca”, em Minas Gerais, a Adagro vem recebendo denúncias de comercialização irregular de cama de aviário em feiras de animais, bem como de fornecimento para alimentação dos ruminantes. Ao mesmo tempo, áreas próximas às plantações que usam a cama como adubo, vêm registrando alta concentração da mosca-dos-estábulos. Para garantir que a regulamentação seja cumprida, evitando risco de doenças e infestação das moscas, intensificamos o trabalho de orientação e autuação com vistorias em propriedades e bloqueio nas rodovias”, detalha o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

Desde maio de 2014, por meio da Portaria Adagro Nº 31, é obrigatória a fiscalização estadual nas granjas que produzem e comercializam a "cama de aviário" e nas regiões que a utilizam para a adubação. O produto pode ser utilizado como adubo desde que o tratamento adequado para inibição da proliferação das moscas e inativação dos agentes patógenos que podem provocar doenças. A legislação torna obrigatória a cobertura completa e imediata da "cama de aviário", com uma camada de solo, quando da sua utilização como adubo orgânico.

A mesma portaria determina que o transporte do produto deverá ser acompanhado obrigatoriamente do Certificado de Inspeção Sanitária Modelo-E (CIS - E), que deverá ser emitido pelo Responsável Técnico - RT da granja que produziu a "cama de aviário", habilitado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A carga deve ser transportada em sacos cobertos de lona plástica, garantindo que não haja perda de carga durante o percurso, permanecendo corretamente acondicionada até sua utilização.

“Durante a vistoria em estabelecimentos avícolas os fiscais vão notificar o produtor a respeito da obrigatoriedade do tratamento da cama e da emissão do CIS-E para seu transporte e comercialização (exclusivo para adubo). Nas barreiras móveis, caso seja abordado veículo transportando cama de aviário em condições inadequadas e sem o CIS-E, o condutor deverá ser autuado e a carga destruída”, detalha Paulo Lima. Ele acrescenta que a população pode denunciar irregularidade através dos canais de atendimento da Adagro: ouvidoria@adagro.pe.gov.br ou pelo 0800 081 1020.

Principais ações em curso:

- Intensificar a fiscalização nas Feiras de Animais;

- Exigir o Certificado de Inspeção Sanitária (CIS-E), documentação obrigatória;

- Autuar os infratores e se necessário, solicitar apoio ao Ministério Público e à Polícia;

- Realizar divulgação da proibição do uso da cama de aviário na alimentação de ruminantes, bem como da obrigatoriedade do tratamento e emissão de CIS-E para transporte e comercialização;

- Em caso de recebimento de denúncias de fornecimento de cama de aviário na alimentação de ruminantes, realizar fiscalização nas propriedades e coletar alimento do cocho para análise laboratorial.

Informações: Ascom

Paulo Câmara sanciona lei que institui o Programa Chapéu de Palha Eventual Emergencial

setembro 30, 2021

Foto:Hélia Scheppa/SEI

O governador Paulo Câmara sancionou, nesta quarta-feira (28.09), a lei que garante o pagamento de auxílio para mais de quatro mil famílias de trabalhadores da cana-de-açúcar e pescadores artesanais desempregados em virtude da entressafra. São quatro parcelas, no valor de até R$ 271,10, a serem pagas àqueles que ainda não são beneficiários do Programa Chapéu de Palha, mas que possuem os requisitos para estarem cadastrados e não conseguiram se inscrever por conta do cancelamento do cadastramento presencial, adotado como medida de prevenção à Covid-19 no Estado. A assinatura aconteceu na sede da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Pernambuco (Fetape), no Recife.

A iniciativa chegará a 58 municípios do Estado, por meio do Cartão Social Emergencial. O crédito total investido pelo Governo de Pernambuco gira em torno de R$ 3,6 milhões. “Esse auxílio poderá ser usado para comprar alimentos, produtos de higiene e limpeza, e é mais uma ajuda para minimizar os efeitos desse período de crise. O valor é correspondente ao da bolsa do Programa Chapéu de Palha. Assim, vamos dar mais um passo importante, com mais um instrumento de apoio aos trabalhadores rurais”, destacou Paulo Câmara.


“Fizemos questão, também, de ratificar nossas parcerias com novos programas. O Estado vai estar muito presente junto às entidades e os movimentos da agricultura familiar para a aquisição de alimentos dentro do programa PAA, que é uma política pública do Governo de Pernambuco. Ao mesmo tempo, firmamos parcerias para apoio às feiras agroecológicas e vamos dar início a um novo projeto que vai garantir a CNH para o homem do campo”, detalhou o governador.


“Para nós é uma satisfação, porque conseguimos. Acredito que vai ser muito positivo quando a gente chegar na base e disser aos trabalhadores que fomos atendidas pelo governador. É uma conquista muito grande”, comemorou Rejane Maria da Silva, 47 anos, diretora de Organização e Formação das Mulheres Assalariadas da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco em Escada, na Mata Sul (Fetaepe).


CHAPÉU DE PALHA – Instituído em 2007, o Programa Chapéu de Palha atende mais de 37 mil trabalhadores dos segmentos da fruticultura irrigada, cana-de-açúcar e pesca artesanal, liberando recursos em um montante superior a R$ 37 milhões todos os anos, por meio do pagamento de uma bolsa, dividida em quatro parcelas, na época da entressafra.


Participaram da assinatura os deputados federais Carlos Veras e Milton Coelho e o estadual Doriel Barros; o secretário estadual Alexandre Gabriel (chefe da Assessoria Especial); o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, José Patriota; o presidente da Perpart, Nilton Mota; o presidente do Detran-PE, Roberto Fontelles; a gerente de Articulações da Secretaria de Planejamento e Gestão, Maria de Oliveira; a presidente da Fetape, Cícera Nunes; o diretor da Fetaepe, Gilvan Antunis; e o presidente da Central Única de Trabalhadores (CUT), Paulo Rocha.


Ascom

Prefeitura do Recife lança seis editais destinando mais de R$ 10 milhões à realização cultural na cidade

setembro 30, 2021

Foto: Rodolfo Loepert/PCR

Passado um ano e meio desde o início da pandemia na capital pernambucana, a cidade ultrapassa a marca de 61% da população adulta completamente vacinada e começa a retomar gradualmente sua vida cultural, com programação voltando a ser oferecida nos teatros, museus, demais espaços e nas ruas, ainda com muitos protocolos, mas também com cada vez mais esperança. Para embalar esse retorno à celebração cultural como possibilidade, potência e urgência, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, destinará, entre investimentos próprios e execução dos recursos federais da Lei Aldir Blanc, mais de R$ 10 milhões para a realização cultural na cidade. É o Recife Virado na Cultura. O prefeito do Recife João Campos fez o lançamento na manhã desta quarta-feira (29) no auditório do 15º andar do edifício-sede da Prefeitura.

“A gente lança esse edital do Recife Virado na Cultura, com R$ 2 milhões do município, além de mais cinco editais que a gente recuperou o recurso da Lei Aldir Blanc, uma lei federal, esse recurso estava travado e a gente conseguiu destravar, totalizando seis editais. Então tem ação para técnico de som e de iluminação, para bandas, grupos carnavalescos, para artistas individuais, para artes cênicas, de circo, teatro, dança, são várias frentes diferentes”, acrescentou ele.

O valor vem se somar aos quase R$ 9 milhões já assegurados este ano, entre auxílios municipais emergenciais de Carnaval e São João, SIC e pagamentos de cachês atrasados, para a cadeia criativa e produtiva da cultura, que, em toda sua diversidade e pluralidade, foi uma das mais impactadas pelas medidas restritivas indispensáveis no controle da pandemia da Covid-19.

“A gente apresenta hoje os editais no Cultura Recife, no nosso portal, as pessoas podem acessar para conhecer em detalhes. São seis editais com as suas especificidades, inclusive, com ligação com os próprios homenageados, a trajetória de cada um deles. Elas vão conhecer os editais e, a partir de segunda-feira, a gente abre as inscrições para que as pessoas possam se habilitar, apresentar o que seja necessário para a sua inscrição”, explicou o secretário de Cultura do Recife, Ricardo Mello.

Amanhã (30), serão lançados seis editais, todos com inscrições virtuais, abertas a partir do dia 4 de outubro, no site www.culturarecife.com.br. Um deles é o Recife Virado, que tem por objeto selecionar e apoiar financeiramente projetos culturais a serem realizados na cidade, compreendidos em três faixas de valores: até R$ 8 mil; até R$ 15 mil; e até R$ 25 mil, totalizando um investimento direto do poder público municipal de R$ 2 milhões.

O edital celebrará toda a produção cultural do Recife, contemplando desde as artes urbanas e artes visuais/artesanato, até o audiovisual, circo, cultura popular, dança, fotografia, gastronomia, literatura, música e teatro. Entre as ações previstas, a variedade é ainda maior. O edital prevê atividades formativas das mais diversas naturezas, apresentações de rua, ensaios abertos, sessões e apresentações, exposições e exibições, visitas a espaços expositivos, publicações, lançamentos e saraus, até feiras gastronômicas e degustações.

Para executar os R$ 8,3 milhões remanescentes do saldo destinado pela Lei Aldir Blanc para a cidade, serão lançados amanhã outros cinco editais, todos batizados em homenagem a importantes personalidades que marcaram a história e a cultura da cidade, com foco na premiação de trajetórias e de criatividade, subsídio para espaços culturais, formação técnica e aquisição de obras e bens culturais.

O Edital Sevy Caminha – Prêmio de Trajetória reconhecerá o mérito cultural de atividades artísticas e culturais ligadas aos saberes tradicionais da cultura popular, distribuindo mais de R$ 1,5 milhão para até 140 beneficiados.

Para incentivar a criação de projetos de realização e fruição cultural, o Edital Bráulio de Castro – Prêmio de Criatividade irá assegurar R$ 5 mil como fomento para até 200 propostas de artistas, agentes culturais e/ou trabalhadores da cultura. O valor total do edital é de R$ 1 milhão. A viúva do compositor, a cantora Fátima de Castro, esteve presente no lançamento dos editais: “Bráulio tem um trabalho de 60 anos, tanto na música popular nacional quanto na música pernambucana, ele tem 420 músicas registradas no ECAD, e eu tenho quase 100 fitas com inéditas e não inéditas, além de cinco pen drives, então Bráulio tem um trabalho muito extenso em prol da cultura nacional e pernambucana. Para mim que sou casada, sou prima e sou parceira dele, ganhei festivais do Recife e nacionais junto a ele, é um reconhecimento porque o compositor fica escondido. O cantor tem uma visibilidade completa e o compositor, faz o Carnaval, faz o São João, faz Maracatu e Coco mas quem aparece é o cantor”. E disse ainda: “eu agradeço a sensibilidade de Ricardo, Zé Manoel e João que está fazendo uma gestão de peso para a cultura”.

Garantindo subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, o Edital Tarcísio Pereira destina-se a microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações comunitárias que tiveram as suas atividades interrompidas pela pandemia. Serão contemplados até 126 espaços formalizados ou não, que receberão entre R$ 10 mil e R$ 15 mil, totalizando aproximadamente R$ 1,6 milhão. A viúva Cecita Wanderley Pereira compareceu ao evento de lançamento dos editais e disse que estava emocionada com a homenagem a Tarcísio Pereira. “Ficamos emocionados e felizes porque Tarcísio representa tudo isso. Ele não só levou Pernambuco para o mundo, como também foi um grande defensor dos espaços culturais, mesmo os menores possíveis, desde os trabalhos de escola aos mais diversos, e levou Pernambuco para o mundo, como ele mesmo dizia. E eu sou muito honrada de ter vivido esses anos lado a lado com ele”, comentou ela.

Rendendo homenagem a Sérgio Valença, que ficou imortalizado como Pezão nos palcos e backstages do Recife, o Edital de Formação Técnica selecionará projetos de qualificação, aperfeiçoamento, capacitação, reciclagem e desenvolvimento de processos de inovação profissional para trabalhadores e trabalhadoras das áreas técnicas de diversas linguagens artísticas. Serão distribuídos R$ 2,5 milhões, contemplando até 15 propostas com R$ 170 mil.

Eclético como a persona cultural que celebra, o Edital Joel Datz de Aquisição de Obras e Apresentações destinará R$ 1,5 milhão à aquisição de obras de arte e serviços culturais de variadas linguagens artísticas, que contemplem a diversidade cultural do Recife, ocupando desde espaços culturais institucionalizados a espaços alternativos, como ruas e parques, sempre com atenção e respeito aos protocolos sanitários exigidos. O edital poderá contemplar ainda a ampliação do acervo de espaços culturais públicos e a inserção de obras de arte em espaços públicos. Poderão ser selecionados até 150 projetos.

ASCOM

Garanhuns avança nos preparativos do 'A Magia do Natal' 2021

setembro 30, 2021

A Secretaria de Cultura está a todo vapor na produção do ‘A Magia do Natal’. O evento será realizado entre os dias 19 de novembro e 9 de janeiro de 2022, como divulgado pelo Prefeito Sivaldo Albino na última segunda-feira (27). O projeto contará com novidades que encantarão os garanhuenses e turistas. Toda a magia estará nos novos elementos de decoração, na iluminação especial e ainda nos efeitos de movimento em peças.

O Desfile de Papai Noel é outra grande atração aguardada pelo público e será realizado respeitando as restrições sanitárias, devido à Pandemia.  Os carros alegóricos estão sendo confeccionados em parceria com a Casa do Artesão, assim como os adereços que vão vestir a cidade inteira de Natal.

Em outubro a montagem de toda decoração será iniciada, por este motivo alguns locais serão isolados.  O tema ‘Contos de Esperança’ traz uma perspectiva de dias melhores. A proposta é única e traz um enredo que se desenvolverá pelos pontos turísticos de Garanhuns, como o Relógio de Flores e Praça da Fonte Luminosa, além das Avenidas Santo Antônio e Rui Barbosa. Mais um ponto ganhará decoração nesta edição: a Praça da Bíblia. Toda população pode esperar por um evento marcante, cheio de luz e esperança!

Ascom

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Emoção marca a volta das atividades presenciais do Grupo Novo Horizonte

setembro 28, 2021

 O grupo retoma com mais de 80 idosos 



O Grupo Novo Horizonte, do Sesc Arcoverde, retornou na tarde de ontem (27), as suas atividades presenciais , após um ano e seis meses acontecendo de forma remota.

" Retornamos as atividades presenciais com uma nova metodologia, seguindo os protocolos de segurança, com grupos de trabalho menores e com atividades direcionadas, onde o idoso pode escolher, que tipo de ação ele vai estar participando. É o que chamamos de cardápio de atividades. Nessa nova temporada a gente também traz oportunidade para aqueles que ainda não podem sair de casa e que ainda não vem ao Sesc. Eles receberão seu clube de atividades em casa. A programação consiste em trazer cuidado, leveza, socialização e animação. Por que com a pandemia , muitos idosos tiveram problemas de saúde, principalmente de solidão já que eles foram o primeiro grupo a se isolar e último a sair. A programação está sendo feita com muito cuidado e com muito carinho para que a gente possa com muita alegria estarmos reunidos.", destacou a assistente social, Talita Ferreira.

A retomada das atividades contou com muita poesia e música com George Silva e Adriano.Além de kits de boas vindas recheados de carinho. Muitos idosos estavam emocionados com a retoma das atividades e por poder reencontrar os amigos presencialmente depois de tanto tempo.

Amannda Oliveira

Congresso aprova mudança na LDO para ajudar governo a bancar Auxílio Brasil

setembro 28, 2021


Deputados e senadores aprovaram nesta segunda-feira (27), em sessão do Congresso Nacional, um projeto que permite ao governo federal abrir espaço no orçamento para bancar o Auxílio Brasil, programa social que vai substituir o Bolsa Família.

As sessões do Congresso costumam ser feitas de modo conjunto, com a presença de deputados e senadores em plenário. No entanto, em razão da pandemia, as sessões têm sido realizadas separadamente.

O texto foi aprovado primeiro pela Câmara e, na sequência, pelo Senado. A proposta vai à sanção.

O projeto altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 para autorizar o governo a contar com projetos ainda não aprovados para compensar os gastos com programas de transferência de renda.

Atualmente, o Bolsa Família atende 14,6 milhões de famílias. Para lançar o Auxílio Brasil, o governo federal pretende elevar o benefício dos atuais R$ 189 para cerca de R$ 300 e ampliar para 17 milhões o número de famílias beneficiadas.

Informações: G1

Pfizer inicia teste de uma pílula contra Covid-19

setembro 28, 2021
Foto: Pixabay

A farmacêutica norte-americana Pfizer anunciou o início de ensaios clínicos de fase intermediária e avançada de uma pílula para prevenir a Covid em pessoas expostas ao vírus.

O antivirais imitaria o que o medicamento Tamiflu faz contra a gripe e evitariam que a doença progredisse para um estado grave.

"Acreditamos que o combate ao vírus exigirá tratamentos eficazes para as pessoas que contraírem ou forem expostas ao vírus, complementando o impacto que as vacinas tiveram", disse Mikael Dolsten, chefe de pesquisa científica da empresa.

A Pfizer começou a desenvolver esse medicamento, batizado de PF-07321332, em março de 2020 e está avaliando-o em combinação com o ritonavir, que já é usado contra o vírus da aids.

O ensaio clínico envolverá 2.600 adultos que participarão dos testes assim que apresentarem sinais de infecção por Covid-19 ou assim que souberem que foram expostos ao vírus.

Eles receberão aleatoriamente uma combinação de PF-07321332 e ritonavir, ou um placebo, duas vezes ao dia por cinco a dez dias.

O objetivo do teste é determinar a segurança e eficácia dos medicamentos na prevenção de uma infecção por Sars-CoV-2 - o vírus que causa a Covid-19 - e o desenvolvimento de sintomas até o 14º dia após a exposição.

A pílula é conhecida como um "inibidor da protease" e, em testes de laboratório, demonstrou interromper o efeito de replicação do vírus.

Se funcionar na vida real, pode ser eficaz apenas nos estágios iniciais da infecção. A partir do momento em que a covid progride para um estado grave, o vírus basicamente parou de se replicar e os pacientes sofrem de uma resposta imunológica hiperativa.

Informações: Diário de Pernambuco

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Morre o ex-prefeito da Pedra, Tibila

setembro 27, 2021

Morreu nesta segunda-feira (27), na cidade de Arcoverde, o ex-prefeito da Pedra  Natalício Tenório Cavalcanti, mais conhecido como Tibila.

Como ex-vereador e ex-prefeito,
Tibila marcou a vida política da cidade da Pedra. Disputou sua última eleição majoritária em 1988 pelo PMDB, quando ficou em segundo lugar com 4.151 votos perdendo para Francisco Tenório que obteve 4.510 votos.  

Tibila tinha 100 anos e vivia com familiares em frente a Estação da Cultura, no Centro de Arcoverde.

O corpo está sendo velado no Salão Paroquial da cidade da Pedra, onde recebe as homenagens dos munícipes, amigos e familiares. O sepultamento está marcado para essa terça-feira, às 09h30 no cemitério local.

Meus sentimentos a família.

Informações: A Folha da Cidades

Floresta: Rorró assina ordem de serviço de quadra poliesportiva

setembro 27, 2021

Na última quinta-feira, a prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba (PSB), assinou a ordem de serviço para início da obra de construção de um ginásio poliesportivo no distrito de Nazaré do Pico, zona rural do município. O novo espaço de esporte e lazer é fruto da emenda parlamentar do ex-deputado federal Kaio Maniçoba, atual presidente do IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco) e contrapartida da Prefeitura Municipal.

Segundo a prefeita, serão investidos R$ 810.112,80 mil na construção do novo equipamento que levará mais opção de lazer e esportes para os jovens e a população daquela comunidade. Em sua fala, Rorró se disse feliz por poder trabalhar para melhorar a vida dos florestanos.

“Se tem uma coisa que me deixa feliz é saber que vamos realizar algo para melhorar a vida de muita gente. Iniciaremos as obras do Ginásio Poliesportivo, graças a emenda do ex-deputado Kaio Maniçoba, que sempre tem trabalhado por nossa gente”, afirmou.

A solenidade realizada no Distrito de Nazaré do Pico contou com as presenças do ex-deputado e atual presidente do IPA, Kaio Maniçoba; do administrador distrital, Rominho; dos vereadores Victor Laert e Pedro Henrique Lira, além de secretários municipais.

Durante o evento, a prefeita também ressaltou que a sua gestão está investindo R$ 163.166,33 em novos veículos, complementando emendas dos Deputados Gonzaga Patriota (PSB) e Fabrizio Ferraz, recebidas para a compra de carros para a saúde. Segundo Rorró Maniçoba, esses investimentos só estão sendo possíveis devido a equilíbrio promovido nas contas da prefeitura de Floresta e a ousadia de investir no melhor para a população.

Informações: Ascom

Sertão de Itaparica recebe quatro Ações de Cidadania

setembro 27, 2021
                                                             Foto: Henrique Paparazzi/@defensoriaimagens

Uma série de serviços como atualização dos documentos, testes de saúde, assistência social e muito mais vão estar disponíveis nas quatro Ações de Cidadania que o Programa Governo Presente realiza em três cidades no Sertão de Itaparica. O primeiro evento acontece no distrito de Icó, em Petrolândia (quarta, dia 29 de setembro), no município de Itacuruba (quinta, dia 30), centro de Petrolândia (sexta, dia 1º de outubro) e em Floresta (sexta à tarde, dia 1º de outubro). Os eventos representam uma espécie de mutirão de serviços públicos e de divulgação de políticas sociais. A Ação é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, junto com as prefeituras parceiras.

Cerca de 140 mil atendimentos gerais já foram realizados somente neste ano, em todas as regiões do Estado. Os serviços são agendados para uma melhor organização do atendimento, evitando a formação de filas e facilitando a aplicação dos protocolos de proteção individual e coletiva. Na entrada da escola são aferidas à temperatura, o uso de máscaras de proteção e o distanciamento social são obrigatórios. A Operação pela Prevenção distribui máscaras para quem não estiver usando no momento.

O serviço mais procurado é o de emissão de carteiras de identidade. Todo o processo é totalmente eletrônico, com scanners e outros aparelhos eletrônicos para a coleta de dados biométricos. A emissão da primeira via da identidade é gratuita, enquanto que para a emissão da segunda via, é preciso pagar uma taxa no valor de R$ 24,36.

O Balcão de Direitos da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos também estará presente para quem quiser solicitar uma nova via das certidões de casamento, de nascimento e de óbito. Outro documento importante que também estará disponível na Ação é o CPF. Quem precisar do documento será atendido.

Um posto avançado da Compesa estará presente e a população poderá fazer renegociação de débitos e obter informações sobre a tarifa social da companhia de água. O Detran terá uma unidade móvel e também estará prestando esclarecimentos e serviços referentes à autarquia.

A Ação de Cidadania terá serviços para quem quiser ficar em dia com a saúde, como aferição da taxa de glicemia, da pressão arterial e da temperatura do corpo, fazer teste para identificar doenças como sífilis, HIV e hepatites. Serão apresentadas ainda informações sobre a Lei Maria da Penha, orientações sobre violência contra a mulher dentro da comunidade, sobre o sistema Alerta Celular e a Patrulha Escolar, além do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

É necessário fazer o agendamento com antecedência. O agendamento pode ser no próprio município (veja local, abaixo) ou através do site PE Cidadão. Pela internet, escreva www.pecidadao.pe.gov.br e clique em agendamento. Depois é só escolher o município. As ações são eventos que ocorrem de forma rotineira. Em 2020, apesar da suspensão necessária no período mais rigoroso da pandemia, foram realizados mais de 61 mil atendimentos gerais, com a oferta média de 60 tipos de serviços e difusão de informações do Governo do Estado e das prefeituras parcerias em cada evento. A Ação de Cidadania é parte do Programa Governo Presente. Toda a articulação é da Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas.

Ação de Cidadania em Petrolândia, distrito de Icó
Quarta-feira, dia 29 de setembro
Das 8h às 12h
Escola Estadual Icó Mandantes
Agrovila 9 Bloco 3, Limão Bravo, Distrito Icó
Com agendamento: CRAS - Avenida Dom Pedro II, 114 – Centro
 
Ação de Cidadania em Itacuruba
Quinta-feira, dia 30 de setembro
Das 14h às 18h
Erem Profª Maria de Menezes Guimarães
Rua Antônio Cabral Campos, 120, Centro
Com agendamento na Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Juventude
 
Ação de Cidadania em Petrolândia
Sexta-feira, dia 1º de outubro
Das 8h às 12h
EREM Maria Cavalcanti Nunes
Rua Capitão José de Souza Ferraz, 17, Centro
Com agendamento: CRAS - Avenida Dom Pedro II, 114 – Centro
 
Ação de Cidadania em Floresta
Sexta-feira, dia 1º de outubro
Das 14h às 18h
EREM Deputado Afonso Ferraz
Avenida Audomar Ferraz, sem número
Com agendamento na Secretaria de Assistência Social e Trabalho
Praça Antônio Ferraz, 144.

Ascom

Arcoverde inicia dose de reforço contra a Covid-19 para idosos e pessoas imunossuprimidas, nesta segunda-feira

setembro 27, 2021
Imagem: Pixabay

A Secretaria de Saúde de Arcoverde começa nesta segunda-feira, 27 de setembro, a disponibilizar a dose de reforço (ou terceira dose) contra a Covid-19, para idosos a partir dos 70 anos que já tenham completado as duas doses há pelo menos seis meses; para idosos institucionalizados a partir dos 60 anos; e para pessoas imunossuprimidas, com esquema vacinal das duas doses concluído há pelo menos 28 dias. 

Os idosos com 70 anos ou mais, que se encontram acamados e domiciliados, serão vacinados em suas casas. Da mesma forma, idosos institucionalizados a partir dos 60 anos, terão a aplicação realizada nos seus abrigos. 

Já a aplicação para idosos a partir dos 70 anos que possuem disponibilidade de locomoção, assim como de pessoas imunossuprimidas, ficará disponível na sede do PNI Municipal localizado na Rua Sálvio Napoleão Arcoverde, n° 58, no centro da cidade, próximo ao espaço de recepções Era Uma Vez. 

São considerados imunossuprimidos, quem possui imunodeficiência primária; pessoas em tratamentos quimioterápicos; transplantados de órgão sólidos ou de células tronco hematopoiéticas; pessoas vivendo com HIV; quem faz uso de corticoides em doses maior que 20mg/dia; quem faz uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em Hemodiálise; e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias). 

Informações: Ascom

TRE-PE prepara urnas para novas eleições em Palmeirina e Capoeiras

setembro 27, 2021
Imagem: Pixabay

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) realiza nesta quarta-feira (29/09) a cerimônia pública de preparação das urnas que serão usadas nas eleições suplementares de Palmeirina e Capoeiras, no Agreste do Estado. O evento, que contará com a presença do presidente do Tribunal, desembargador Carlos Moraes, acontecerá no Fórum Eleitoral de Garanhuns (Rua Barão de Nazaré, s/n). Qualquer pessoa poderá acompanhar a preparação das urnas no canal do TRE-PE no YouTube (https://www.youtube.com/c/TribunalRegionalEleitoraldePernambuco). 

De 8h às 12h serão preparadas as 23 urnas que serão usadas em Palmeirina. À tarde, de 13h30 às 18h, o processo se repetirá com as 46 urnas de Capoeiras. As novas eleições nos dois municípios acontece no próximo dia 3 de outubro (domingo), de 7h às 17h. 

Tecnicamente chamado de Cerimônia de Carga e Lacre das Urnas, o evento de preparação ocorre com total transparência e consiste em inserir nas urnas eletrônicas os dados referentes aos candidatos e eleitores. Todos os procedimentos que envolvem as mídias e as urnas eletrônicas são realizados em cerimônias públicas, com a participação do juiz eleitoral e convocação, por edital, dos representantes do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), partidos políticos e as coligações. Participam ainda da cerimônia os servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral que atuam diretamente nessa etapa das eleições. Por meio da operação, feita urna a urna, são inseridas todas as informações necessárias à realização do pleito: os programas de votação, a relação de eleitores da respectiva seção eleitoral, os dados de partidos, coligações e os nomes e fotos de todos os concorrentes aptos a disputar a eleição. Depois de inseridas todas essas informações, as urnas eletrônicas são lacradas e estão prontas para serem utilizadas nas eleições. 

ENTENDA AS ELEIÇÕES SUPLEMENTARES 

Capoeiras (130ª Zona Eleitoral) e Palmeirina (59ª ZE) terão novas eleições porque seus respectivos candidatos a prefeitos que obtiveram o maior número de votos nas eleições de 2020 foram impedidos de tomar posse por decisão judicial transitada em julgado. No caso de Capoeiras, a candidatura de Luiz Claudino de Souza foi indeferida pelo TRE em 13 de novembro passado. A decisão foi confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 8 de abril passado. 

O município tem 15.779 eleitores e seis locais de votação onde ficam 46 seções eleitorais (cada seção corresponde a uma urna). Já em Palmeirina, a candidatura de Severino Eudson Catão Ferreira foi indeferida pelo Juízo Eleitoral em outubro de 2020. Tanto o TRE quanto o TSE confirmaram a decisão. São 6.596 eleitores no município, que votam em três locais onde estão as 23 seções. Ambos os municípios estão sendo administrados provisoriamente pelos respectivos presidentes das Câmaras de Vereadores. 

As eleições suplementares estão previstas no parágrafo 3º, artigo 224, do Código Eleitoral. De acordo com a legislação, devem ser marcados novos pleitos sempre que houver, independentemente do número de votos anulados e após o trânsito em julgado, “decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário”.

Informações: Ascom

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Governo de Pernambuco lança oito editais para a Cultura na segunda fase da Lei Aldir Blanc

setembro 24, 2021

 As inscrições começam nesta segunda-feira (27/9), exclusivamente pelo Mapa Cultural de Pernambuco



O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE), vai investir R$ 26,5 milhões em oito editais voltados para o financiamento de projetos culturais ou para premiar a trajetória de artistas, grupos e profissionais ligados ao setor no Estado. Os recursos vêm da Lei Aldir Blanc, aprovada ano passado como apoio emergencial para a classe que sofreu muito com a paralisação das atividades econômicas por conta da pandemia. Os editais estarão disponíveis para consulta nesta sexta-feira (24), a partir das 17h, no Portal Cultura.PE (www.cultura.pe.gov.br/editais) e as inscrições terão início nesta segunda-feira (27), exclusivamente pelo Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br).

Terão prioridade de premiação os proponentes que não tenham recebido recursos provenientes da Lei nº 14.017/2020, que regeu os editais LAB-PE lançados pelo Governo de Pernambuco em 2020. No ano passado, mais de 2 mil propostas foram contempladas em todas as regiões do Estado. Para participar dos novos editais, é necessário ter cadastro atualizado no Mapa Cultural de Pernambuco. A inscrição deverá ser feita por meio de um formulário de inscrição específico para cada edital, disponível na aba Oportunidades.

A nova rodada de editais da Lei Aldir Blanc em Pernambuco tem como um dos objetivos possibilitar a continuidade das atividades artístico-culturais, incentivando a sustentabilidade dos trabalhadores da cultura, bem como reconhecer e premiar grupos, mestres e profissionais da classe artística.

Em comparação aos editais lançados ano passado pela Secult-PE, há três novos voltados para a classe cultural pernambucana: (1) Edital Técnicos da Cultura e Artes LAB PE 2021; (2) Edital Prêmio de Salvaguarda e Sustentabilidade Emergencial do Artesanato, das Artes Circenses, da Cultura Popular, da Gastronomia e dos Povos e Comunidades Tradicionais LAB PE 2021; e (3) Edital do Prêmio Para Iniciativas Culturais nas Comunidades/Periferias LAB PE 2021. Outro destaque é o Edital de Festivais, Mostras e Celebrações, que foi atualizado com a inclusão de celebrações artístico-culturais.

“São mais de R$ 26 milhões distribuídos em oito editais para apoiar projetos e reconhecer trajetórias de trabalhadores e trabalhadoras da cultura pernambucana. Os editais são fundamentados em três eixos: inclusão, descentralização e socialização, diretrizes que nortearão a sustentabilidade da cadeia da cultura em nosso Estado”, avalia Gilberto Freyre Neto, secretário Estadual de Cultura.

“Vale ressaltar que a construção dos novos editais foi feita a partir do compartilhamento de críticas, propostas, modelos e dificuldades com o Conselho Estadual de Política Cultural de Pernambuco e com a Comissão de Controle Social. Além delas, foram feitas escutas com representantes de vários segmentos e instituições e estabelecido diálogo com gestores culturais de alguns municípios, contando sempre com o envolvimento e análises do corpo técnico da Secult-PE”, detalha Silvana Meireles, secretária Executiva de Cultura de Pernambuco.

INSCRIÇÕES – Podem se inscrever pessoas físicas, coletivos e grupos sem constituição jurídica, microempreendedores individuais e pessoas jurídicas de direito privado residentes em Pernambuco. Com exceção dos editais do “Prêmio Para Iniciativas Culturais nas Comunidades/Periferias” e de “Aquisição de Bens e Contratação de Serviços Culturais”, os proponentes devem comprovar atuação artístico-cultural no Estado há pelo menos um ano.

A proposta apresentada deve ser exclusiva para um dos editais promovidos pela Secult-PE. Será aceita inscrição de proposta do mesmo proponente em até dois editais da LAB 2021, uma proposta por edital, diferentes entre si e exclusivas para cada edital. No entanto, cada proponente somente poderá ter uma única proposta contemplada financeiramente nos editais da Lei Aldir Blanc lançados pela Secult-PE.

O proponente deverá declarar no formulário de inscrição, disponível no Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br), se fará inscrição em outro edital, assinalando qual será sua segunda proposta. Caso declare que apresentará propostas em editais diferentes, o proponente deverá informar qual a sua prioridade, caso tenha ambas selecionadas para premiação. Não será permitida alteração dessa indicação de priorização após a conclusão e envio da inscrição.

Em alguns casos, haverá a possibilidade de inscrição semi-oral. A análise e seleção das propostas serão realizadas por comissão especialmente designada pela Secult-PE. A comissão será composta por especialistas, técnicos/as da Secult PE/Fundarpe, representantes da sociedade civil e de instituições culturais e ensino de Pernambuco, com conhecimento e experiência nos campos de abrangência dos editais.

DOCUMENTAÇÃO - A apresentação da documentação do proponente será exigida no ato da inscrição da proposta, e deverá ser anexada, em formato .pdf. O termo de compromisso deverá ser assinado no ato da inscrição e anexado junto à documentação solicitada.

O Manual de Aplicação de Marcas será disponibilizado como anexo, juntamente ao Formulário dos Relatórios de Execução da Ação, com as orientações necessárias para a correta apresentação do relatório, conforme as exigências de cada edital.

LEI ALDIR BLANC - Promulgada em junho de 2020, a Lei Aldir Blanc foi elaborada pelo Congresso Nacional com a finalidade de atender ao setor cultural do Brasil, fortemente afetado com as medidas restritivas de isolamento social impostas em razão da pandemia de Covid-19. Ao todo, foram destinados R$ 3 bilhões diretamente para todos os Estados e municípios da Federação.

Com a decisão do Congresso Nacional de prorrogar os efeitos da lei para 2021, ficam garantidos para a classe cultural do País cerca de R$ 770 milhões para fomentar projetos artísticos de todos os segmentos, dando suporte financeiro para milhares de profissionais e artistas do setor.

Em Pernambuco, ao menos R$ 26,5 milhões estarão disponíveis, por meio do Governo do Estado, sendo a Secult-PE responsável por gerir esse recurso. Além desse valor, os artistas, grupos, coletivos, cooperativas e demais entidades pernambucanas ligadas à Cultura também contarão com investimento dos municípios, por meio de suas secretarias, fundações ou gerências locais do segmento cultural.

ATENDIMENTO – As informações, dúvidas e outros esclarecimentos sobre o conteúdo dos editais e o processo de cadastramento e inscrição no Mapa Cultural de Pernambuco podem ser tirados por meio do WhatsApp (81) 3184-3018, criado exclusivamente para atender as questões da Lei Aldir Blanc.

MAIS DETALHES DOS OITO EDITAIS LANÇADOS PELA SECULT-PE COM A LEI ALDIR BLANC EM 2021:

Edital de Criação, Fruição e Difusão LAB PE 2021:
Destinado à premiação de propostas de ações artístico-culturais individuais ou coletivas nos segmentos/linguagens de: Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Cultura Popular, Dança, Design, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Moda, Música, Ópera, Patrimônio, Povos e Comunidades Tradicionais e Teatro. As ações devem ser relacionadas com a criação (processo criativo), expressão (manifestação) fruição (oportunização) ou divulgação/difusão (propagação) de atividades artísticas e culturais que deverão ser transmitidas pela internet, disponibilizadas por meio de redes sociais ou demais plataformas digitais.

Entende-se por Criação, Fruição e Difusão Cultural: realização de ações como peças teatrais, produções de livros e outros produtos literários, shows, exposições, mostras, gravação e lançamento de CDs e outras produções musicais, realizações audiovisuais, entre outras.

Valor do edital: R$ 6,445 milhões | Faixas de premiação: R$ 8 mil, R$ 15 mil e R$ 25 mil

Edital de Formação e Pesquisa LAB PE 2021:
Destinado à premiação de propostas de ações formativas e de pesquisa nos segmentos/linguagens de: Artesanato, Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Cultura Popular, Dança, Design, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Moda, Música, Ópera, Patrimônio, Povos e Comunidades Tradicionais e Teatro. As ações deverão ser transmitidas pela internet, disponibilizadas por meio de redes sociais ou demais plataformas digitais.

Valor do edital: R$ 3,282 milhões | 432 prêmios | Faixas de premiação: R$ 6 mil, R$ 12 mil e R$ 20 mil

Edital Prêmio de Registro Audiovisual de Saberes Tradicionais e da Cultura Popular LAB PE 2021:
Destina-se à premiação de realizadores/as do audiovisual para execução de registro de mestres e mestras premiados no edital do Prêmio de Salvaguarda e Registro Audiovisual de Saberes Tradicionais e da Cultura Popular LAB PE – Eixo I (2020), que não tiveram suas trajetórias registradas.

Valor do edital: R$ 1,280 milhão | 64 prêmios | Premiação: R$ 20 mil

Edital de Festivais, Mostras e Celebrações LAB PE 2021:
Destinado à premiação financeira para realização de Festivais, Mostras e Celebrações artístico-culturais pernambucanos, em seus diversos segmentos e expressões, que deverão ser publicados/transmitidos pela internet, ou disponibilizados por meio de redes sociais, ou outras plataformas digitais.

Considera-se, para este edital:
- festivais e mostras de arte e/ou cultura como eventos culturais que compõem uma amostragem da produção de um ou mais segmento(s) artístico(s) e expressão(ões) cultural(is) composta de apresentações previamente selecionadas, geralmente com um recorte curatorial pré- definido, com o objetivo de competição, divulgação e/ou promoção comercial, contemplando: programação artístico-cultural, ações de formação e/ou ações de reflexão.

- Celebrações artístico-culturais como evento/série de eventos, realizados em área pública (céu aberto ou de acesso público), relacionados à bens patrimoniais imateriais, pelos quais a sociedade homenageia, honra ou rememora personagens, símbolos ou acontecimentos com os quais ela se identifica.

Valor do edital: R$ 4,180 milhões | 47 prêmios | Faixas de premiação: R$ 40 mil, R$ 70 mil, R$ 100 mil e R$ 150 mil.

Edital Prêmio de Salvaguarda Emergencial do Artesanato, das Artes Circenses, da Cultura Popular, da Gastronomia e dos Povos e Comunidades Tradicionais LAB PE 2021:
Destinado à premiação das trajetórias do universo do Artesanato, das Artes Circenses, da Cultura Popular, da Gastronomia e dos Povos e Comunidades Tradicionais, pelo reconhecimento de suas práticas artísticas de criação e fruição, assim como da transmissão de saberes, fazeres e conhecimentos técnicos, artísticos e culturais. Para este edital, não há exigência de contrapartida por parte do proponente.

Valor do edital: R$ 4,538 milhões | 465 prêmios | Premiação: de R$ 4,5 mil a R$ 16 mil

Edital Técnicos da Cultura e Artes LAB PE 2021:
Destinado à premiação de trajetória dos/as técnicos/as da cultura e das artes de Pernambuco, pelo reconhecimento de suas práticas, transmissão de saberes, fazeres e conhecimentos técnicos nos diversos segmentos artístico-culturais. “Técnico/a da Cultura e das Artes” é o/a profissional que atua diretamente nos aspectos técnicos e práticos que viabilizam a execução dos bens artístico-culturais com serviços prestados às seguintes linguagens artísticas: Artes Visuais, Artesanato, Audiovisual, Circo, Cultura Popular, Dança, Design, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Moda, Música, Teatro e Ópera. Para este edital, não há exigência de contrapartida por parte do proponente.

Alguns exemplos de profissionais técnicos da área da cultura, das artes e de entretenimentos: diretor/a de palco, técnico/a de palco (roadie), técnico/a de som, técnico/a de backstage, produtor/a técnico, técnico/a de carregador, técnico/a de luz, técnico/a de led, técnico/a de infraestrutura, técnico/a receptivo para eventos, técnico/a de cenografia, técnico/a de camareira, técnico/a de efeitos especiais, técnico/a em montagem de luz, técnico/a de montagem de som, técnico/a de montagem de led e demais profissionais não listados/as.

Valor do edital: R$ 1,524 milhão | 381 prêmios | Premiação: R$ 4 mil

Edital do Prêmio Para Iniciativas Culturais Nas Comunidades/Periferias LAB PE:
Destinado à premiação da trajetória de organizações/instituições/entidades sociais e/ou culturais e de coletivos/grupos sociais e/ou culturais não formalizados que utilizem a cultura como ferramenta para gerar desenvolvimento territorial, social e local nas comunidades onde atuam, situadas em Pernambuco. Para este edital, não há exigência de contrapartida por parte do proponente.

Valor do edital: R$ 1,25 milhão | 100 prêmios | Faixas de premiação: R$ 10 mil e R$ 15 mil

Edital de Aquisição de Bens e Contratação de Serviços Culturais LAB PE 2021:
Destinado à premiação de propostas para o repasse de recursos com a finalidade da aquisição de bens, equipamentos, materiais e serviços, com o objetivo de ampliar e/ou estruturar a produção cultural de espaços, entidades, equipamentos e organizações culturais, formalizados, sediados no Estado de Pernambuco.

Valor do edital: R$ 4,016 milhões | Entre 57 e 803 prêmios | Premiação: R$ 5 mil a R$ 70 mil.
*Este edital será divulgado na segunda-feira (27), no endereço www.cultura.pe.gov.br/editais.

Informações: Fundarpe