quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Cantor Lucas Torres inicia turnê estadual em Arcoverde

Através do Funcultura, cantor goianense da nova cena musical do Estado é atração confirmada no projeto Aldeia Olho D'água dos Bredos

Foto: Ernesto Rodrigues

Lucas Torres, um dos novos nomes da cena musical autoral contemporânea de Pernambuco, se apresenta pela primeira vez em Arcoverde no sábado (21/09), dentro da programação do projeto Aldeia Olho D'Água dos Bredos, uma iniciativa do Sesc em Pernambuco em parceria com a Prefeitura de Arcoverde. A apresentação, que abre sua turnê apoiada pelo Funcultura, é gratuita e acontece no Sesc Arcoverde, às 21h.

Misturando música experimental, poesia e performance, o show tem como mote o repertório do primeiro álbum de Torres, “SignoSer” (2018), eleito Melhor Álbum Pop pelo 10º Prêmio da Música de Pernambuco (2019). Na ocasião, Torres recebe no palco o artista arcoverdense Helton Moura para uma participação especial no show.

Em cena, Torres interpreta canções de sua autoria e de outros compositores, construindo uma narrativa de canções que retrata um ser em busca por se entender e se reconhecer em um universo de dissonâncias. “O SignoSer é um show poético, que fala sobre mergulhar em si para renascer e transcender. É com muita alegria que compartilho esse momento especial com o público de Arcoverde”, comenta o artista. 

A circulação estadual do “SignoSer” no ano de 2019 conta com incentivo do Funcultura, através da Fundarpe, Secretaria Estadual de Cultura e Governo de Pernambuco. Até novembro, o show chegará também a Bezerros, Recife, Goiana e Afogados da Ingazeira, ocupando teatros e espaços de música independente.

O ARTISTA - Com 16 anos de carreira, Lucas Torres é cantor, compositor e multi-instrumentista natural de Goiana-PE. Possui uma trajetória artística que une experimentalismos sonoros, poesia e elementos cênicos. Nascido em família de artistas, lançou seu primeiro disco solo, “SignoSer”, com direção musical de Juliano Holanda, em março de 2018. Desde então, tem circulado por Pernambuco com shows solo e em parceria com outras iniciativas musicais, como o Projeto Tertúlia - que reúne artistas goianenses - e o Reverbo - coletivo de músicos independentes de Pernambuco. 

Milton Raulino

Nenhum comentário:

Postar um comentário