quinta-feira, 18 de julho de 2019

29º Festival de Inverno de Garanhuns recebe programação do Conservatório Pernambucano de Música

Os concertos gratuitos, que acontecem desta quinta (18) até a próxima o próximo sábado (27), serão na Catedral de Santo Antônio


O Conservatório Pernambucano de Música, mais uma vez, preparou uma programação pra lá de especial de concertos para o 29º Festival de Inverno de Garanhuns, que tem início nesta quinta-feira (18) e segue até o próximo sábado (27). Todas as atrações são gratuitas e se apresentarão na Catedral de Santo Antônio, localizada no Centro da cidade. Nomes importantes da música popular e erudita, como o cantor e compositor João Bosco, o multiartista Antônio Nóbrega, o grupo SaGrama, o músico Ayrton Montarroyos, o saxofonista e flautista Alexandre Caldi e a Orquestra de Câmara de Pernambuco ocuparão o palco promovido pelo CPM.


A gerente geral do Conservatório, Roseane Hazin, destaca que o FIG é uma oportunidade para o público conhecer a história da música brasileira, através de artistas jovens e veteranos. “A música feita por pernambucanos neste festival é um exemplo da renovação que o Conservatório Pernambucano de Música ajuda a promover. Entre os cantores e instrumentistas, há alunos e ex-alunos que sequer estudavam música quando a nossa participação no FIG iniciou; outros nem nascidos eram no primeiro festival, quase 30 anos atrás. Isso nos incentiva cada vez mais a trabalhar, honrando a confiança que o Estado de Pernambuco e seu povo depositam na nossa instituição”, explica.

O tributo aos 90 anos do compositor brasileiro Luiz Vieira marca a abertura da programação, nesta quinta-feira (18), às 21h. Dono de sucessos que atravessaram décadas, como “Menino de Braçanã”, “Prelúdio pra ninar gente grande”, “Paz do meu amor” e “Inteirinha”, o músico completou 90 anos em outubro do ano passado e um grande elenco subiu ao palco do Teatro Itália, em São Paulo, para celebrar sua música na gravação de um CD, recentemente lançado. No show de lançamento do álbum que será realizado no FIG, participarão quatro dos 20 artistas do projeto original: Altemar Dutra Jr, Claudette Soares, Eliana Pittman e Márcio Gomes.

Na sexta-feira (19), a partir das 16h, a Orquestra de Câmara de Pernambuco prestará homenagem a Heitor Villa-Lobos e executará árias de ópera, com a soprano Carmen Monarcha e regência do maestro José Renato Accioly. Mais tarde, às 21h, é a vez do cantor Airton Montarroyos interpretar o show “Um mergulho no nada”, nome do seu segundo disco, que foi gravado ao vivo em ensaio e na apresentação de show feito em abril de 2018 no Teatro Itália, em São Paulo (SP), com produção de Thiago Marques Luiz. Nesta apresentação, Ayrton Montarroyos será acompanhado pelo violão de sete cordas de Vinicius Sarmento.

O ponto alto da programação de sábado (20) é o concerto do SaGrama com Antônio Nóbrega. A apresentação, às 16h, mescla composições do grupo e do músico, como “Banana machucada”, “Batata-doce” e “Presepada”, do SaGrama; e “Poeta não cala”, “O rei e o palhaço” e “Chegança”, de Antônio. No mesmo dia, às 21h, Chico Buarque é homenageado pelo saxofonista e flautista carioca Alexandre Caldi, acompanhado pelo quarteto de cordas Encore, no show “Buarqueanas”.

O domingo (21) será marcado pelas trilhas sonoras de sucesso dos musicais cinematográficos. A Orquestra de Câmara de Pernambuco, com o Coro de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música e o grupo Liberi, apresenta o espetáculo “Musicais”. Temas como o do filme “O rei leão”, “Mamma Mia”, “Os miseráveis” e “A Bela e a Fera” fazem parte do repertório cantado pelos solistas Gleyce Melo, Madson de Paula e Mônica Muniz.

Estrela do primeiro time da música popular brasileira, a cantora Leila Pinheiro é intérprete, compositora e pianista. Com 38 anos de carreira, a artista apresenta seus maiores sucessos no formato voz e violão, também no domingo, a partir das 21h.

A programação da Catedral se estende na segunda-feira, com a cantora Sheyla Costa e o grupo Matéria Prima apresentando o show “Na pele de Elis, na segunda-feira (22), a partir das 16h. Sheyla arranca suspiros da plateia que se sente próxima de Elis pela semelhança física do timbre de voz da artista, revivendo os tempos áureos da música popular brasileira das décadas de 60, 70 e início dos anos 80.

No mesmo dia, às 21h, o barítono Leonardo Neiva, consagrado no mundo da ópera e dos musicais, irá mostrar sua versatilidade cantando clássicos do jazz, pop, rock, MPB, musicais e lírico para comemorar os 20 anos de sua carreira no Brasil e no exterior. O show terá 18 músicas em seu repertório. Ele será acompanhado pelo violonista, guitarrista e produtor musical Leo Mancini, indicado em quatro categorias ao Grammy Latino pelo seu trabalho Acoustic Hits.

Penúltimo dia do programa, a sexta-feira (26) conta com o concerto do Duo de Violões Siqueira Lima, às 21h. Com técnica instrumental impecável, interpretação arrebatadora e muito carisma, Fernando Lima e Cecília Siqueira têm um vídeo no Youtube, com mais de quatro milhões de visualizações, o que contribuiu para divulgar o trabalho dos dois, que passaram a ser convidados para tocar em festivais de música, em eventos corporativos, em cruzeiros, e até em programas de televisão, nos quais a música instrumental brasileira não costuma ter espaço. Juntos, eles alcançaram um público que vai além do que aprecia a música clássica ou a MPB.

O grupo Boca Livre e João Bosco encerram a programação na Igreja de Santo Antônio, no sábado (27). Às 16h, A inconfundível assinatura vocal do Boca Livre soa no show Viola de Bem Querer, 13º disco do quarteto carioca. Após seis anos sem novas gravações, o grupo realça nas nove faixas do CD a sonoridade que o fez surgir no cenário musical brasileiro de forma ousada, calcada na junção de quatro vozes, de timbres distintos, com violões, viola e baixo. Um dos mais importantes nomes da MPB, João Bosco, apresenta o seu novo álbum “Mano Que Zuera”, a partir das 21h. A obra foi lançada oito anos depois de “Não vou pro céu, mas já vivo no chão”, último CD de inéditas do compositor e violonista mineiro. As músicas “Trem Bala”, “Sonho de caramujo” e “Quantos rios” estão no repertório do show.

O 29º Festival de Inverno de Garanhuns acontecerá de 18 a 27 de julho, com programação em 21 polos montados em praças, parques, pavilhões, teatro, cinema e catedral, pelas ruas e em diversos outros espaços da cidade. Este ano, o FIG homenageia o centenário do artista paraibano Jackson do Pandeiro, ícone da cultura popular nordestina e brasileira.

PROGRAMAÇÃO

DIA 18 – QUINTA-FEIRA

21h – Tributo a Luiz Vieira - 90 anos
Altemar Dutra Júnior
Claudette Soares
Eliana Pittman
Márcio Gomes

DIA 19 – SEXTA-FEIRA

16h – Orquestra de Câmara de Pernambuco
Solista: CARMEN MONARCHA (Soprano)
Regência: José Renato Accioly
Homenagem a Villa-Lobos e Árias de Óperas

21h – AYRTON MONTARROYOS
Violão 7 cordas: Vinícius Sarmento
SHOW “UM MERGULHO NO NADA”

DIA 20 – SÁBADO
16h – SaGRAMA e Antônio Nóbrega

21h – Alexandre Caldi e Quarteto Encore
SHOW “BUARQUEANAS”

DIA 21 – DOMINGO
16h – Orquestra de Câmara de Pernambuco, Coro de Câmara do Conservatório 
PERNAMBUCANO DE MÚSICA E LIBERI CIA ARTÍSTICA
Participações: Gleyce Melo, Madson de Paula e Monica Muniz
SHOW “MUSICAIS”
Regência: José Renato Accioly

21h – LEILA PINHEIRO – VOZ E PIANO

DIA 22 – SEGUNDA-FEIRA
16h – Sheyla Costa - Na Pele de Elis

ORQUESTRA MATÉRIA PRIMA

21h – Leonardo Neiva (Canto) e Leo Mancini (Violão/Guitarra)

SHOW “ACÚSTICO”

DIA 26 – SEXTA-FEIRA
21h – Duo Siqueira Lima (Violões)

DIA 27 – SÁBADO

16h – Boca Livre
SHOW “VIOLA DE BEM QUERER”

21h – João Bosco - SHOW “MANO QUE ZUERA”

Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário