quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Curso gratuito aborda principais questões na iluminação cênica

janeiro 31, 2019
                                                                     Foto:Marcos Nascimento/Divulgação











Estão abertas as inscrições para o Curso de Iluminação Cênica 1.5, que tem como objetivo iniciar interessados ao universo da iluminação cênica. O curso conta com incentivo do Funcultura e tem a proposta de iniciar interessados no universo da iluminação cênica. As aulas serão ministradas pelo iluminador cênico Cleison Ramos, integrante do Farol – Ateliê da Luz e graduado pela UFPE em licenciatura em Artes Cênicas, e acontecerão de 18 de fevereiro a 25 de abril deste ano. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através de um formulário on-line.

Os encontros serão realizados e terão como metodologia a apresentação dos temas de forma direta e a manipulação e experimentações de arquivos digitais e impressos, além de utilizar imagens, vídeos e documentários e visitação de espaços cênicos para a observação de atividades práticas. Ao término do curso, os alunos receberão um certificado.

Durante as aulas, os participantes poderão conhecer a história da luz no teatro e abordar temas como: rever a luz na física; reestudo do olho humano; estudar a estética da iluminação cênica; correlacionar a luz e os movimentos artísticos; interpretar espaços cênicos e luz; manipular lâmpadas e equipamentos de iluminação cênica (sistema analógico e digital); entender o processo criativo de luz conceitual para espetáculos; desenhar mapa de luz; e, por fim, criar, montar e executar coletivamente um espetáculo onde a luz seja a personagem principal.

Serviço:
Curso de Iluminação Cênica 1.5
Período de inscrição: 28 de janeiro a 08 de fevereiro
Período do curso: 18 de fevereiro a 25 de abril
Segundas e quartas, das 18h30 às 21h30
Centro Cultural Benfica (Rua Benfica, 157 – Madalena, Recife)
Informações: cleison.belo@gmail.com

Fundarpe

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Projeto determina que conhecimento em Libras seja computado em concursos públicos

janeiro 30, 2019
O Projeto de Lei 11075/18 determina que sejam conferidos pontos aos candidatos que possuírem conhecimento comprovado na Língua Brasileira de Sinais (Libras) quando houver prova de títulos em concursos públicos. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados.
Pelo projeto, o candidato com curso de Libras deverá ser pontuado, no mínimo, com a mesma pontuação dos cursos de especialização ou mestrado.
A ideia do autor da proposta, deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), é criar o ambiente necessário para o estímulo do desenvolvimento da Libras. “O objetivo é valorizar a linguagem de sinais e estimular a sociedade a participar de maneira mais efetiva no processo de integração social das pessoas com deficiência auditiva”, disse.
Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. 

Agência Câmara de Notícas

Programação do Carnaval do Recife 2019 é divulgada

janeiro 30, 2019
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

O Prefeito Geraldo Júlio, anunciou nesta quarta-feira 30), a programação do Carnaval da cidade do Recife que este ano homenageia os sambistas Gerlane Lops e Belo Xis. 
A decoração da cidade estará repleta de ícones que remetem aos clássicos brincantes da Folia de Momo. A festa terá 45 polos, espalhados em toda a cidade e a grade conta com 99% de artistas pernambucanos.
 
O prefeito ressaltou ainda o incremento do trade turístico durante o Carnaval. "A ocupação hoteleira indica que o Recife vai receber muitos turistas, o que vai resultar em aumento de renda para a cidade. É um incremento financeiro não só na economia da cultura, mas na economia do turismo. O Carnaval estimula quem trabalha nos hotéis, com transportes, com segurança ou limpeza. São oportunidades de emprego sendo geradas nesta época", acrescentou. 
 
E, na capital pernambucana, a festa já começou. Teve início nessa terça (29), uma programação quase diária de prévias carnavalescas, que incluem acertos de marcha, Terças Negras Especiais de Carnaval e ensaios de maracatu. Ao todo, serão mais de 40 atividades que colocarão o recifense e os turistas em contato com o que há de mais genuíno na cultura da cidade. 
 
Durante os quatro dias de Momo, passarão pelos palcos artistas da terra como Spok, Maestro Forró, Antúlio Madureira, Nena Queiroga, Almir Rouche, Almério e André Rio. Ainda se integram à folia, nomes nacionais como Baiana System, Monobloco, Alcione, Fafá de Belém, Paralamas do Sucesso, Gaby Amarantos, Jorge Aragão, Natiruts e Leci Brandão. De volta aos palcos, a banda Cordel do Fogo Encantado promete agitar o público do Marco Zero, na segunda de Carnaval (4).
 
Para vestir a cidade e entrar no clima da festa, a Prefeitura inovou e assumiu integralmente, pela primeira vez, a decoração momesca. Após mais de uma década de bons serviços prestados à cidade do Recife, o arquiteto Carlos Augusto Lira se despede do ciclo carnavalesco para dar espaço aos novos talentos e o desafio foi assumido pela Gerência Geral de Arquitetura e Engenharia da Fundação de Cultura Cidade do Recife e pela Diretoria Executiva de Comunicação Institucional.
 
Para o desafio, o time vai reverenciar o folião e o amor pelo Carnaval com uma paleta de cores quentes e vibrantes, repletas de texturas criadas especialmente para a festa. Entre as novidades, todas as pontes de acesso ao Bairro do Recife ganharão pórticos com volumetria e serão dedicadas às sonoridades que fazem o caldeirão de ritmos da maior festa do Recife.
 
"Pela primeira vez em muitos anos, assumiremos integralmente o projeto de decoração da festa, que coloca o folião, sua alegria, sua criatividade e as muitas personalidades que ele assume para curtir a festa, como protagonistas das peças, que contarão com elementos 3D e serão quase que exclusivamente aéreas, para abrir alas para o público usufruir das ruas da cidade. Serão utilizadas mais de 100 figuras", explicou Diego.
 
Com foco no tradicional carnaval recifense, a programação da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer durante o mês de fevereiro vai percorrer o circuito de agremiações e vivenciar importantes pontos históricos da nossa folia. Segundo a titular da pasta, Ana Paula Vilaça, os números indicam uma ocupação hoteleira acima de 95%. "Toda a cadeia produtiva do turismo ganha com isso, hoteis, bares, restaurantes, os taxistas. Então, a gente promete uma festa com uma movimentação econômica muito grande na nossa cidade", contou Ana Paula. 
 
Presente no cotidiano da cidade desde o início do século 20, o samba se funde ao frevo e ganha protagonismo no Carnaval 2019. Para quem dedicou a vida ao ritmo, a homenagem este ano veio carregada de emoção. Com 45 anos de carreira, Belo Xis agradeceu a homenagem e se comprometeu a alegrar os foliões. "Pensava que já tinha atingido o ápice da minha alegria, mas estava errado. Agora sim, estou completo. É uma emoção que não sei nem como explicar. É uma responsabilidade muito grande, mas é uma felicidade enorme também", afirmou.  Para Gerlane Lops, samba e frevo são ritmos irmãos. "Vamos mostrar isso na abertura do Carnaval. Podem contar com muita alegria, frevo e samba. Todo mundo junto", contou a cantora, que está nos preparativos para participar da abertura da festa. 



Confira a programação:

MARCO ZERO

SEXTA-FEIRA (1)

Gerlane Lops
Maestro Forró, Nena Queiroga e Almir Rouche
Belo Xis

SÁBADO (2)

Lula Queiroga, Pedro Luis, Roberta Sá e Marcelo Jeneci
Fafá de Belém
André Rio, Quinteto Violado, Banda de Pau e Corda e Som da Terra
Paralamas dos Sucessos 

DOMINGO (3)

Samba no Recife, convidados Adriana B e artistas locais
Leci Brandão
Alcione 
Monobloco 

SEGUNDA-FEIRA (4)

Gustavo Travassos, Belo Hortis, Luciano Magno e Coral Edgar Moraes
Jota Quest
Cascabulho, Zezé Mota, Daúde e Tony Tornado
Cordel do Fogo Encantado 

TERÇA-FEIRA (5)

Alceu Valença
Gaby Amarantos
Elba Ramalho
Spok e Frevo Orquestra Tânia Alves
Orquestrão 

ARSENAL

SÁBADO (2)
Claudio Almeida

Antônio Nóbrega
Tibério Azul
Geraldo Azevedo e Transversal Frevo Orquestra
Romero Ferro

DOMINGO (3)

Antúlio Madureira
Família Salustiano
Roberta Sá
Sagrama
Silvério Pessoa 
Quinteto Violado

SEGUNDA-FEIRA (4)

Orquestra Santa Massa
Maestro Duda
Adiel Luna
Almério

TERÇA-FEIRA (5)

Coral Edgar Moraes/Getúlio Cavalcanti/ O Bonde
Maciel Salu
Ylana Queiroga e SKA Maria Pastora
André Rio

PÁTIO DE SÃO PEDRO

SÁBADO (2)

Dia da Diversidade

DOMINGO (3)

Maestro Edson Rodrigues
Romero Ferro
Marcelo Jeneci
Geraldo Azevedo
Lia de Itamaracá

SEGUNDA-FEIRA (4)

Belo Xis
Academia da Berlinda
Orquestra Henrique Dias
Siba
Dino Braia
Beto do Bandolim

TERÇA-FEIRA (5)

Bia Marinho
Isaar
Maciel Salu
Flaira Ferro

SAMBA DA MOEDA

SÁBADO (2)

Maria Pagodinho
Gerlane Lops
Paulo Perdigão
Xico de Assis
Belos Xis e Ramos Silva

DOMINGO (3)

Cybelle do Cavaco
Alex Ribeiro
Karynna Spinelli
Leno Galeria 
Mesa de Samba Autoral.

SEGUNDA-FEIRA (4)

Wellington do Pandeiro
Adriana B
Paulo Viola do Recife
Luisa Pérola
Letto do Cavaco

TERÇA-FEIRA (5)

Telmo Santiago
Hilton de Oliveira
Cris Galvão
Selma e Nascimento
Aborto do Cavaco

POLOS

CENTRALIZADOS

Marco Zero, Praça do Arsenal, Pátio do Terço, Praça da Independência, Rua da Moeda, Pátio de São Pedro, Cais da Alfândega, Mercado da Boa Vista e Aurora dos Carnavais.

POLOS CONCURSOS DE AGREMIAÇÕES

Avenida Nossa Senhora do Carmo e Avenida do Forte.

BAIRROS

Brasília Teimosa, Linha do Tiro, Alto José do Pinho, Ibura de Baixo, Várzea, Cordeiro (Rua da Lama), Lagoa do Araçá, Campo Grande, Coelhos, Jordão Alto, UR-05 (Ibura), IPSEP, Roda de Fogo, Iputinga, Joana Bezerra/ Coque, Mustardinha, Barro, Santo Amaro/ Frei Casimiro, Areias, UR-2 (Ibura), Jardim São Paulo, Bomba do Hemetério, Chão de Estrelas, Nova Descoberta (Pátio da Feira) e Casa Amarela.

INFANTIS

De olho nos foliões mirins, a Prefeitura terá seis polos destinados aos pequenos. O Segundo Jardim ganha atenção especial no domingo de carnaval à tarde (3). Além do já tradicional polo do Paço Alfândega, os Parques Dona Lindu, Santana, Jaqueira e Macaxeira irão atender a população com uma programação diversificada. Outra novidade é a Praça do Arsenal, que contará com programação voltada para a garotada a partir das 16h, na terça (5).

CORREDORES COMUNITÁRIOS 

Morro da Conceição, Três Carneiros e Buriti.

Informação: PCR

Sandy & Junior devem realizar turnê em comemoração aos 30 anos de carreira

janeiro 30, 2019
Foto: Divulgação

Os fãs da saudosa dupla Sandy e Júnior piraram e quebraram a Web na terça-feira. Tudo devido a uma publicação do Jornal Extra que afirma a volta da dupla para comemorar 30 anos de carreira.

E a notícia aguardada por todos há tanto tempo, foi muito comemorada. 

Histórico:  A dupla formada pelos irmãos Sandy e Junior Lima apareceu pela primeira vez no Programa Som Brasil, no ano de 1989, cantando a música Maria Chiquinha.No ano seguinte gravaram o primeiro álbum " Aniversário do Tatu" que levou disco de ouro. Os irmãos estouraram país a fora com sucessos como Tô Ligado em Você, Dig-Dig-Joy, Era uma Vez, Vamos Pular, As quatro Estações, Imortal,  "Quando Você Passa (Turu Turu)", "Não Dá Pra Não Pensar" e "O Amor Faz" e muitos outros.

Em abril de 2007, anunciaram a separação após dezessete anos de carreira em dupla e, em junho do mesmo ano, gravaram o CD/DVD Acústico MTV, o último projeto em conjunto. A dupla, que continuou na ativa até o final de 2007, realizando uma grande turnê pelo Brasil, que se encerrou no dia 18 de dezembro de 2007.

Estamos na torcida.

Amannda Oliveira

Thiago Kehrle é um dos convidados dos Ensaios de Carnaval

janeiro 30, 2019

O cantor Thiago Kehrle é um dos convidados dos " Ensaios de Carnaval" comandado por André Rio e o BLoco das Ilusões neste sábado, 02 de fevereiro no Galo da Madrugada, a partir das 18h. 

Por lá ainda se apresentam Getúlio Cavalcanti, Orquestra de Pau e Corda e Coral Evocação do Maestro Barbosa, Almir Rouche, Som da Terra entre outros.


Informações: Carolina Leitão

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Governo define como prioridade fiscalizar mais de 3,3 mil barragens

janeiro 29, 2019
Foto: Romério Cunha/PR

m reunião no Palácio do Planalto nesta terça-feira (29), o governo federal definiu como prioridade a fiscalização de 3.386 barragens com maior potencial de risco às vidas humanas no País. Também ficou decidido proibir a construção de estruturas como refeitórios e prédios administrativos na área 1, próxima ao empreendimento, como era em Brumadinho (MG).

As decisões foram tomadas após o Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastres recomendar nessa segunda-feira (28) uma revisão na condição de segurança dos empreendimentos. De acordo com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, um grupo de trabalho será criado para atualizar a lei de segurança de barragens.
Proibição

“É uma área que se a barragem rompe de imediato, não dá tempo da população e os funcionários saírem daquela região. O entendimento do governo é claro de que nessa região não deve permitir construção de nenhuma estrutura que não seja estritamente necessária à operação da mina”, ressaltou o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, sobre proibir a construção de estruturas como refeitórios e prédios administrativos na área 1.

Segundo o ministro, um plano de ação de emergência também está entre as prioridades para garantir que a população atingida saiba o que fazer em caso de desastres como o de Brumadinho. As medidas foram detalhadas logo após a reunião ministerial realizada no Palácio do Planalto, na manhã desta terça-feira (29), sob a coordenação do presidente da República em exercício, Hamilton Mourão.

Planalto

Nena Queiroga reúne grandes nomes da música local em tarde de “Ensaio Aberto”

janeiro 29, 2019
Foto: Divulgação


Tomando para si a alegria e a efervescência do período carnavalesco, a cantora Nena Queiroga reúne uma gama consagrada de artistas locais para primeira apresentação do projeto “Ensaio Aberto”, que acontecerá neste domingo (3), a partir das 15h, no bairro de Campo Grande (Rua Jerônimo Vilela, 509). Os ingressos são limitados e podem ser adquiridos através dos telefones: (81) 3204-0489; (81) 997290840.
O evento, que deve acontecer semanalmente, receberá, em sua apresentação abre-alas ao público os músicos Adilson Ramos, Ed Carlos, Maestro Forró, Adilson e Maestro Spok. Para além dos músicas, a artista também recebe ao palco as cantoras Michelle Melo e Bia Villa-Chan; O coral Edgard Moraes , o grupo Fulô de Mandacaru e a Família Chumbago.
“Carnaval é a época em que, verdadeiramente, celebramos a grande confraternização universal: nas ladeiras, nas ruas. E o Ensaio Aberto, além de reunir artistas incríveis da música pernambucana, é para todos, para celebrarmos esse sentimento coletivo”, pontua Nena Queiroga, idealizadora do projeto.
NENA QUEIROGA – Filha do radialista Luiz Queiroga e da cantora Mêves Gama, a vocalista nasceu no Rio de Janeiro, mas cresceu em Recife. Com a veia artística correndo nas veias, integrou, na adolescência, o grupo Quarto Crescente, ao lado do irmão Lula Queiroga. Sua contribuição para a produção musical local lhe rendeu os títulos de Cidadã Pernambucana e Recifense, entre 2012 e 2016, respectivamente. E o reconhecimento não parou por aí. Em 2018, foi a grande homenageada do Carnaval do Recife.

Serviço:
Ensaio Aberto com Nena Queiroga
Dia: 03 de Fevereiro de 2019 (domingo)
Horário: A partir das 15h
Local: Rua Jerônimo Vilela, 509 – Campo Grande/Recife – PE
Ingressos e informações: (81) 3204-0489; (81) 99729-0840  

Angélica Souza

Convocatória do Viva Dominguinhos está aberta até o dia 28 de fevereiro

janeiro 29, 2019
Foto:Arquivo Secom/PMG

A Secretaria de Turismo e Cultura de Garanhuns lançou hoje (28), a convocatória da sexta edição do Viva Dominguinhos, para a seleção de propostas que poderão compor a programação do evento. O documento foi publicado no Diário Oficial dos Municípios/AMUPE e as inscrições devem ser realizadas até o dia 28 de fevereiro presencialmente ou via Correios. O Viva Dominguinhos será realizado no período de 25 a 27 de abril de 2019.

Os interessados devem se dirigir, de segunda à sexta-feira, no horário das 8h30 às 14h, até à sede da Secretaria de Turismo e Cultura de Garanhuns, situada no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, na Praça Dom Moura, bairro São José. Para envio via Correios, basta encaminhar a documentação para este mesmo endereço, com postagem até às 17h do dia 28 de fevereiro. Não serão aceitas inscrições via fax, internet ou qualquer outra forma de encaminhamento.

Após o período de inscrições, as propostas serão submetidas à avaliação por uma comissão formada por 4 pessoas, designadas pela Secretaria de Turismo e Cultura, com resultados divulgados no site institucional. O edital completo está disponível nos sites www.garanhuns.pe.gov.br e www.diariomunicipal.com.br/amupe.

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — ACSI

Programa de Formação Empreendedora chega a Arcoverde

janeiro 29, 2019

O Forme – Programa de Formação Empreendedora vem qualificando empreendedores informais e microempreendedores formais de todo o Estado, desenvolvendo competências relacionadas às atitudes empreendedoras. Este ano, já passou por Goiana e agora chega a Arcoverde para ampliar a visão de oportunidades de negócios para quem já é empreendedor ou está querendo começar a empreender. O programa é realizado pela Fecomércio em parceria com Sesc Arcoverde e terá início com uma palestra de sensibilização sobre o projeto, no dia 31 de janeiro, e início das aulas com previsão para 04 de fevereiro.

A capacitação irá durar 33 dias e, para participar, é preciso ter concluído ou estar cursando o ensino médio e querer aprender sobre empreendedorismo. Além disso, é necessário também assistir à palestra de sensibilização, que acontecerá no dia 31/01, às 18h, no Sesc Arcoverde. Durante o evento será apresentado o programa e os participantes poderão tirar dúvidas.

“São oficinas diárias que buscam desenvolver as atitudes empreendedoras dos participantes. Mesclando ensino teórico e prático, ao final da formação, os alunos apresenta o plano de negócios da empresa Cria desenvolvida durante o Programa para uma banca de instituições financeiras e de Fomento com o objetivo de serem avaliados e já estabelecerem contatos com as entidades participantes”, conta Brena Castelo Branco, diretora executiva do Instituto Fecomércio.

Para outras informações de como se inscrever e participar do FORME, o Sesc Arcoverde e o  Instituto Fecomércio estão à disposição. 

Serviço:
Palestra de sensibilização: 31/01 – 18h
Sesc Arcoverde
Rua Capitão Arlindo Pacheco, 364, Centro – Arcoverde

Início do Forme: 04/02
Sesc Arcoverde
Rua Capitão Arlindo Pacheco, 364, Centro – Arcoverde


Informações:
Sesc Arcoverde – (87) 3821-0864
Instituto Fecomércio – (81) 3231-6175

Claudio Rodrigues

    

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Ventania assusta população em Arcoverde e deixa um rastro de destruição

janeiro 28, 2019
Foto: Via WhatsApp

A população de Arcoverde, levou um susto na manhã desta segunda-feira, 28 de janeiro. Uma ventania cercou a cidade e deixou pelo caminho um rastro de destruição e medo. 
Nos mais diversos bairros da cidade, árvores foram arrancadas com raízes e tudo, telhas voavam dos telhados como se fossem papel e o barulho era ensurdecedor. 
Nos grupos do WhatsApp , as pessoas testemunhavam o medo que estavam passando nas suas casas ou nos seus locais de trabalho e contavam os prejuízos.

Várias localidades ficaram sem energia elétrica e os fios dos postes espalhados pelo chão. 
A sensação que se tinha era de que o mundo ia se acabar, disse seu Fernando que estava no São Cristóvão na hora do que aconteceu. 

Confira alguns vídeos e imagens:


Vídeo: Via WhatsApp


Vídeo: Via WhatsApp

Foto: Via WhatsApp

Foto: Via WhatsApp

Foto: Via WhatsApp

Amannda Oliveira

Filhos de Alceu Valença, Dominguinhos e Geraldo Azevedo aportam no Recife com o show Estação Lunar

janeiro 28, 2019
Foto: Zuh Ribeiro

” Asas, Asas, América, América, Frevo, Frevo, Tempo, Tempo Folião...”. Chegou o tempo da folia e é com essa energia pulsante da música “Tempo Folião” que Liv Moraes, Ceceu Valença e Clarice Azevedo se apresentarão no Carnaval 2019 com o show Estação Lunar. Os artistas prepararam um belíssimo show de carnaval com o melhor do Frevo, do Caboclinho, do Afoxé e com o melhor dos clássicos dos seus famosos e consagrados pais, Dominguinhos, Alceu Valença e Geraldo Azevedo.  O show, que foi apresentado recentemente no Rio de Janeiro, já tem data para lançamento no Recife: 16 de fevereiro, na sede do Galo da Madrugada.
No show carnavalesco o trio promete, além de reunir os grandes sucessos dos pais, mostrar também músicas que se eternizaram e são sucesso em todos os carnavais como “Banho de Cheiro”, do saudoso compositor pernambucano Carlos Fernando, que foi um grande parceiro e amigo de Alceu e Geraldo, “Frevo Mulher”, de Zé Ramalho, além dos hits de carnaval como “Me Segura Senão eu Caio e Bom Demais”, de J. Michiles, eternizada na voz de Alceu Valença.
No repertório, os artistas ainda fizeram questão de preservar a tradição e a cultura de Pernambuco, mantendo o vigor e a força do Frevo, a magia dos caboclinhos e o batuque do afoxé presentes nas obras dos pais. Outros Sucessos do Carnaval como “Bicho Maluco Beleza”, “Beijando a Flora”, “Chego Já” e “Tropicana”, não podiam ficar de fora e compõem o set list do show com uma energia contagiante que vai animar muito os foliões no Carnaval de Pernambuco.
Os artistas cantarão entre trios, solos e em duplas, estando também presentes no show os clássicos que marcaram épocas e estão na boca do povo como: “Anunciação”, “Táxi Lunar”, “ La belle de Jour” e dentre as surpresas, o público poderá curtir ainda os Sucessos “ Isso Aqui Tá Bom Demais” e “Pedras que cantam” que ficaram famosas na voz do Grande e inesquecível Dominguinhos.  Existe uma relação musical muito forte entre os Pais e os Filhos, pois, a arte vai passando naturalmente para eles que já tem o DNA musical. 
Angélica Souza

Governo Federal define novas medidas de segurança e fiscalização em barragens

janeiro 28, 2019
                                                                           Foto: Isac Nóbrega/PR

Criado por decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro, o Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastres definiu, nesta segunda-feira (28), novas medidas para fiscalizar barragens no Brasil e aumentar a segurança dos empreendimentos. Segundo a Casa Civil, as decisões serão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (29).

Na reunião, ministros e representantes de 15 pastas diferentes do governo decidiram recomendar aos órgãos de fiscalização um exame completo das estruturas existentes em nos estados, em especial àquelas que "possuem dano potencial associado alto à vida humana". Em nota, a Casa Civil informou também que foi criado um grupo de trabalho para atualizar a Lei 12.334/2010, que estabeleceu a Política Nacional de Segurança de Barragens. 
Plano

Outra decisão tomada pelo conselho foi determinar a necessidade de atualização dos planos de segurança de barragens. Os órgãos de fiscalização ficarão responsáveis por cobrar das empresas a apresentação das melhorias. Também será avaliada a possibilidade de remoção de instalações de "suporte aos empreendimentos, com vistas a resguardar a integridade dos trabalhadores e eventuais visitantes".

Informações: Casa Civil

Transversal Frevo Orquestra registra travessia do gênero por novos formatos, em primeiro CD

janeiro 28, 2019
Foto: Roberto Riegert

Transversal: aquilo que cruzaque atravessa, perpassa. Na música, a palavra, ou conceito, define um dos tipos de um instrumento ancestral: a flauta. Inicialmente feita de madeira, a flauta transversal, ou transversa, é por isso incluída como instrumento do grupo das madeiras. Das músicas primitivas às medievais; dos concertos eruditos ao rock progressivo, passando por ritmos regionais nordestinos, a flauta ganhou um novo protagonismo a partir do trabalho do músico César Michiles.

Nascido em Pernambuco, com formação erudita e prática musical nos gêneros populares, o flautista, arranjador, produtor e diretor musical está lançando o primeiro CD da Transversal Frevo Orquestra (TFO), uma orquestra de frevo montada e regida por ele, a partir de 2018, em que o frevo instrumental define o tema do repertório e as flautas transversas estão em primeiro plano, promovendo uma travessia por novas texturas e sonoridades desse gênero tão sofisticado da música brasileira.

O lançamento oficial do CD acontece no dia 28, quando estará disponível nas plataformas digitais para streaming (Spotify e iTunes). Haverá também um show no dia 31 de janeiro, no Teatro Apolo (Recife Antigo), dentro da programação do Janeiro de Grandes Espetáculos.

A Orquestra vem chamando atenção e ganhando o respeito tanto dos puristas do frevo quanto daqueles que apreciam e praticam a tão falada “renovação” do gênero. Antes de montar a orquestra, César Michiles já vinha construindo um cenário favorável a esta inovação, se assim podemos chamar (afinal o novo sempre vem, o problema é sempre a difusão). Após uma carreira musical de mais de vinte anos, lançou-se como compositor de frevos no tradicional concurso de músicas carnavalescas promovido pela Prefeitura do Recife. O frevo já corria em suas veias, pois cresceu sob a orientação do pai, Jota Michiles, um veterano e conceituado compositor de frevos-canção do Recife. César rendeu-se ao frevo e, inspirado, passou a compor a partir destes festivais.

Em 2008, levou o primeiro lugar na categoria “frevo de rua”, como são chamados os frevos instrumentais, com a música “Pega Ladrão”.  Em 2012, mais um troféu principal, com “Esse é o Tom”. E em 2014, mais uma classificação, com “Pipocando”. Não tinha ainda a dimensão, mas estava ali quebrando um paradigma do frevo, pois ao interpretar essas composições, posicionava-se com sua flauta, como um solista, à frente da tradicional orquestra de metais, com seus saxofones, trompetes e trombones formando a base da metaleira. “O que a flauta estava fazendo ali na frente?”, perguntavam os que estavam acostumados a um só modo das orquestras tocarem o frevo.

Aliás, esse mesmo concurso de frevo contribuiu para que outros instrumentistas quebrassem com essa estrutura padrão da execução do frevo. O público passou a ouvir frevo com solos de sanfona, guitarra e, claro, a flauta de César. Uma porta aberta para tantos caminhos que o frevo precisa seguir para não ser mais – como bem sabem os executores desse ritmo – uma música sazonal, de carnaval, de sobe e desce ladeiras de Olinda. Sim, não se compara. Ali é frevo rasgado, com desafinação e tudo. Aqui, com César (e outros tantos que chegaram antes dele, como maestro Spok, e outros que certamente virão) é frevo para apreciar em qualquer época do ano, em qualquer lugar. No carnaval ou no teatro. Mais com os ouvidos, do que com os pés. Agora com uma diferença: o protagonismo das flautas.

REPERTÓRIO E CONCEITO - “A concepção desse projeto é trazer a certeza de que o frevo, como linguagem musical, pode sim ser executado de várias formas , texturas e sonoridades, e que não se trata apenas de um CD de frevo para servir de trilha sonora pro nosso carnaval, mas para, de uma vez por todas, ser entendido como música instrumental brasileira”, diz César.

A novidade vai além do formato e atinge também as composições: todas as músicas da TFO são inéditas, de compositores, pode-se dizer, novatos no frevo. “Frevo Encantado” foi uma surpresa enviada pelo pianista da orquestra, Romero Medeiros (que nunca antes havia composto um frevo). Depois vem “Esse é o Tom”, música de César, vencedora do supracitado concurso da Prefeitura do Recife. “Passo a Passo” é do guitarrista da TFO, Júnior Xanfer. César também registra “Pipocando”. Beto Ortis é um exímio acordeonista pernambucano, também vencedor, como César, dos concursos de frevo do Recife. Ele compôs um frevo construído a partir da sanfona, que César batizou de “Transversalizando”.

Do guitarrista pernambucano Bráulio Araújo veio “Bomba de Corda”. Do bandolinista Hamilton de Holanda (com quem César já tocou em outros projetos) foi gravada a inédita (feita exclusivamente para a Orquestra), “A Saudade vai Passar”. César arranja também para a TFO mais uma inédita de sua lavra, intitulada “Eu cá, tu lá”, uma homenagem à memória do maestro Nunes, um dos compositores mais importantes do frevo pernambucano, falecido em 2016. E finaliza o CD com “Rasgando a Seda”, de Zé da Flauta, músico que inspirou César a escolher a flauta como instrumento, no início de sua formação musical, ainda na infância.

É neste repertório e turma de compositores que reside o principal eixo do primeiro CD da Transversal Frevo Orquestra. “Colocar as flautas num lugar que não existia para elas dentro das orquestras de frevo, como um instrumento de metal, consequentemente os trompetes e trombones fazem uma cama para as flautas. Mudamos os conceitos dos arranjos, para dar essa evidência ao naipe que agora é das flautas”, explica o músico.


SERVIÇO:
Transversal Frevo Orquestra – Lançamento do primeiro CD
Quando - 31 de janeiro, às 20h
Onde – Festival Janeiro de Grandes Espetáculos (Teatro Apoio, Recife Antigo)
Ingressos: R$ 40,00

Valor do CD na hora do show: R$ 15,00


Michelle Assunção