Cocar realiza evento em homenagem a João Silva à partir desta terça-feira


Nos dias 15 e 16 deste mês, a cidade de Arcoverde/PE reverencia um dos seus filhos mais ilustres, o compositor João Silva. Nascido no distrito de Caraíbas, João Leocádio da Silva migrou ainda jovem para o Rio de Janeiro e lá se consagrou como um dos autores musicais mais gravados da música brasileira, com mais de dois mil registros.

João Silva foi o grande responsável pela retomada da carreira de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, quando em 1984, apareceu como a autor da música Danado de Bom, que deu título ao antológico LP, que vendeu mais de um milhão e quinhentas mil cópias. A partir de então a carreira de Gonzaga ganha forte impulso e principalmente da parceria com João Silva vêm os trabalhos seguintes “Sanfoneiro Macho” (1985), “Forró de Cabo a Rabo” (1986), “De Fiá Pavi” (1987), “Aquarela Nordestina” (1988) e “Vou te Matar de Cheiro” (1989).

Mas a obra de João Silva não se restringe a parceria com o Rei do Baião, praticamente todos os grandes nomes do forró tem músicas de sua autoria gravadas, além de outros artistas de destaque na música brasileira. Pode-se citar como intérpretes de suas músicas os artistas: Alcione, Abdias, Ary Lobo, Azulão, Benito de Paula, Beth Carvalho, Bezerra da Silva, Delmiro Barros, Demônios da Garoa, Dominguinhos, Elba Ramalho, Fagner, Falamansa, Flávio José, Flávio Leandro, Forró Limão com Mel, Forró Mastruz com Leite, Frejat, Genaro, Genival Lacerda, Jackson Antunes, Jackson do Pandeiro, Lenine, Luiz Gonzaga, Marinês, Messias de Holanda, Moreira da Silva, Ney Matogrosso, Novinho da Paraíba, Núbia Lafaiete, Oswaldinho, Quinteto Violado, Rastapé, Santana, “O Cantador”, Silvério Pessoa, Sivuca, Trio Nordestino, Trio Parada Dura, Trio Virgulino, Wanderley Cardoso e Zeca Baleiro.

No dia 16 de agosto, o compositor, se vivo fosse, estaria completando 82 anos, e o COCAR - Coletivo Cultural de Arcoverde, para celebrar a data, preparou intensa programação, que vai desde roda de conversa e palestra em escolas e faculdade, até a exibição de documentários e apresentações musicais.

Na terça-feira (15), a partir das 14h na Escola Técnica Estadual (ETE), haverá a exibição do documentário "Na Sala do Compositor João Silva", do cineasta Dewis Caldas. Em seguida, a partir das 14h30, começa uma roda de conversa com o escritor, biógrafo de João Silva, José Maria Marques.

No mesmo dia, a partir das 19h30, está marcada na Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde (Aesa) uma palestra com o tema "A importância da obra de João Silva para a música brasileira", também com José Maria Marques.

Na quarta-feira (16), às 9h, na Escola Carlos Rios, será exibido o vídeo "João Silva, Rootstock 2010". Já às 10h, no Centro Comercial Regional de Arcoverde (Cecora), haverá lançamento de cordel, exposição de vinil e fotografias e a apresentação do musical "Quarteto Sabiá canta João Silva".

O evento é uma realização do COCAR, com a parceria do CECORA, da Escola Carlos Rios, da Escola Técnica Estadual Prof. Jonas Costa, da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA, do Centro Integrado de Cultura e Arte - CINA, dos blogs De 1ª Categoria e Falando Francamente, da Maranhas Filmes e do Hotel Monteirão.

Mais informações (81) 9.8854-0661 (Kleber Araújo) / (81) 9.8631-6439 (Jean Carlos).

Fonte: Cocar

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.