De Neander a BaianaSystem: Noite de terça-feira agita programação do 27º FIG

                                                                       Foto: Camila Queiroz

A abertura da quinta noite do 27º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) no polo principal do evento, a Praça Cultural Mestre Dominguinhos, ficou por conta da banda garanhuense Neander, que já tem 23 anos de carreira. A banda, fundada pelo vocalista e compositor Léo Noronha, apresentou um repertório com músicas autorais e sucessos do rock nacional. Apesar da baixa temperatura registrada durante a noite, o público se aqueceu com a programação, que contou ainda com Lucas Santtana, Eddie e BaianaSystem.

O vocalista da Neander comentou o quanto é gratificante estar participando mais uma vez do FIG. “Já tocamos há 20 anos no festival, é um sentimento de dever cumprido para nós, artistas. Estamos com um projeto novo que se chama ‘Amores impossíveis que dariam certo’, é um super projeto, será música, um livro de contos, será adaptado para espetáculo teatral, um curta metragem e exposição fotográfica”, adiantou Léo Noronha.

Foto: Camila Queiroz

Passava das 21h quando o cantor, compositor e produtor Lucas Santtana subiu ao palco. Em seguida, a banda Eddie, que completa 27 anos de existência, se apresentou - originada em Olinda, a banda já lançou o sexto álbum, intitulado “Morte e Vida”. Mesclando blues e samba, frevo e surf music, Caribe e Recife, músicas como “Desequilíbrio” e “Morte e Vida” fizeram parte do repertório, contando ainda com aparticipação da Orquestra Henrique Dias que levaram o público a loucura, com muito frevo.

Apesar do frio peculiar das noites da Suíça Pernambucana, o público continuou fiel até a madrugada para esperar pelo show da Banda BaianaSystem, o grupo mais aguardado da noite. Fundada em 2009, em Salvador (BA), grupo foi formado com o intuito de buscar novas possibilidades sonoras para a guitarra baianaEm 2016, o grupo ficou conhecido internacionalmente com a faixa "Playsom". 

Amanhã (26), a partir das 20h, se apresentam na Praça Cultural a cantora garanhuense Belinha Lisboa, Arthur Espíndola, Lia Sophia e Pinduca e Fafá de Belém.

Gabriela Ramos

 

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.