Choro e MPB na programação do Conservatório no FIG neste sábado


Catedral de Santo Antônio abriga apresentações do exímio bandolinista Danilo Brito 
e do casal Francis e Olívia Hime

Depois de belos shows na abertura do “Conservatório no FIG” na sexta-feira, a programação continua neste sábado (22), com destaque para o choro do Quinteto Danilo Brito e a bossa nova de Francis Hime e Olívia Hime.

A primeira apresentação do dia, às 16h30, traz o Quinteto Danilo Brito, com repertório especial de choro. Ancorado pelo bandolinista Danilo Brito, reconhecido por sua grande habilidade de emocionar o público, o grupo apresenta repertório que privilegia o choro, ritmo brasileiro que conquistou plateias ao redor do mundo.

Autodidata, Danilo Brito desenvolveu técnica própria para tocar o instrumento, conquistando uma virtuosidade técnica, que o levou a consolidar uma carreira nacional e internacional, sendo aclamado por público e crítica. Brito tocou em tradicionais clubes de jazz e centros de arte dos EUA, como o Jazz Lincoln Center, em Nova Iorque; o Mondavi Center for Arts, na Califórnia; e o The Kennedy Center, em Washington DC.

Brito começou a dedilhar o bandolim do seu pai aos três anos de idade, aprendendo o instrumento ouvindo os LPs da família. Aos 12 anos, já se apresentava profissionalmente e, aos 13, gravou o primeiro álbum como solista. Chegou a ser comparado a Jacob do Bandolim e, com 19 anos, venceu o Prêmio Visa de Música, como melhor instrumentista. Como parte do prêmio, gravou seu segundo álbum, Perambulando.

Brito tem ainda mais três álbuns gravados, sendo o último em 2014, dedicado a composições próprias, demonstrando uma maturidade musical e um nível elevado de performance com o bandolim. O lançamento foi feito nos EUA, no Spoleto Festival, e chamou a atenção do público e da imprensa. O jornal Charleston City Paper referiu-se a ele como “um músico a quem chamar prodígio seria quase diminuir sua contribuição à música. Sua música mostra níveis de ritmos, dinâmicas e linhas melódicas ‘dolorosamente lindas’, honrando a tradição em uma música do novo século”.

A noite do Conservatório no FIG promete igual maestria. Francis Hime e Olívia Hime ocupam a Catedral de Santo Antônio, a partir das 21h, com o show Sem Mais Adeus resultado do último disco lançado pela gravadora Biscoito Fino. Trata-se de uma homenagem ao poeta e compositor Vinícius de Moraes.

O repertório traz nada menos que 25 clássicos da música brasileira. Composições de Vinícius de Moraes com vários parceiros, incluindo, o próprio Francis Hime e também Tom Jobim – que estaria fazendo 90 anos em 2017 e é um dos homenageados na programação deste ano. De Heitor Villa Lobos, a homenagem será feita com a execução do Trenzinho do Caipira, parte das Bachianas Brasileiras nº 2, numa versão com poema de Ferreira Gullar.

Francis Hime foi parceiro de Vinícius em várias composições, incluindo a faixa-título “Sem mais adeus”. O Poetinha foi uma espécie de cupido entre Francis e Olívia, estimulando a parceria que começou com a música e seguiu para um casamento que já dura 53 anos, com três filhas, quatro netas e uma trajetória de vida.

“Sem mais adeus” é o segundo disco que o casal grava junto. Uma curiosidade é que uma faixa do trabalho, a canção Um Sequestrador, era apenas instrumental e ganhou letra de Adriana Calcanhoto quase 50 anos após ser composta. Francis Hime, que já contou essa história noutras ocasiões, conheceu Calcanhoto após a morte de Vinícius e a convidou para fazer a letra. No disco, Adriana participa de duas faixas: Um sequestrador e Samba de Maria.

O Conservatório no FIG acontece na Catedral de Santo Antônio nos dias 21, 22, 23, 25 e 26 de julho. Todas as apresentações são abertas ao público, de acordo com a disponibilidade de lugares no templo.

Confira o repertório do show de Francis Hime e Olívia Hime:

SEM MAIS ADEUS

1. Euridice - Vinicius de Moraes
2. Pela luz dos olhos teus - Vinicius de Moraes
3. Saudade de amar - Francis Hime /Vinicius de Moraes
4. O grande amor - Tom Jobim / Vinicius de Moraes
5. Felicidade - Tom Jobim / Vinicius de Moraes
6. Samba da benção - Baden Powell / Vinicius de Moraes
7. Nature Boy - Eden Ahbez
8. Sem mais adeus - Francis Hime/Vinicius de Moraes
9. Anoiteceu - Francis Hime / Vinicius de Moraes
10. Canto de Ossanha - Baden Powell e Vinicius de Moraes
11. Poema de Orfeu – Vinicius de Moraes
12. Se todos fossem iguais a você - Tom Jobim / Vinicius de Moraes
13. Eu sei que vou te amar - Tom Jobim/ Vinicius de Moraes
14. Trenzinho Caipira - Heitor Villa-Lobos
15. Insensatez - Tom Jobim / Vinicius de Moraes
16. Minha namorada - Carlos Lyra / Vinicius de Moraes
17. Primavera - Carlos Lyra/ Vinicius de Moraes
18. Dueto - Carlos Lyra / Vinicius de Moraes
19. Agua de beber - Tom Jobim / Vinicius de Moraes
20. Berimbau - Baden Powell/ Vinicius de Moraes
21. Labareda - Baden Powell/ Vinicius de Moraes
22. Chega de saudade - Tom Jobim/ Vinicius de Moraes
23. Samba pra Vinicius - Toquinho/ Chico Buarque
24. Suite carioca - Francis Hime / vários autores
25. Eu não existo sem você - Tom Jobim / Vinicius de Moraes

Janaína Lima


Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.