São João de Arcoverde movimentou 30 milhões na economia local

Em 12 dias de festa, passaram pela cidade 170 atrações artísticas levando para a cidade a circulação de 700 mil pessoas neste período.

Foto: PC Cavalcanti

Com programação diária espalhada por 10 polos descentralizados, o São de Arcoverde bateu recorde de público nesta edição, que trouxe como tema “Com História, Arte e Tradição, em 2017, as Rainhas do Reisado são as Homenageadas da Capital do São João”. Em 12 dias de festejos, de 17 a 28 de junho, cerca de 700 mil pessoas circularam pela cidade, oriundas de regiões vizinhas, do Recife e de outros estados do País.

O mês é o segundo de maior movimentação financeira na cidade e injetou 30 milhões na economia local, além de gerar cerca de quatro mil empregos diretos e indiretos. A rede hoteleira do município, que possui 15 equipamentos entre pousadas e hotéis, registrou no período de 23 a 25 de junho 100% de ocupação dos leitos. Nos demais dias, foram computados 90% locação. Os moradores também impulsionam o setor com incremento de 400 imóveis disponíveis em sistema de locação completa ou parcial. A realização do São João teve investimento de R$2,5 milhões, obtidos por patrocinadores e apoiadores, como o Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal e Ministério da Cultura, Governo de Pernambuco (Empetur e Fundarpe), Schin, Teacher’s, Pitu, CDL e Sesc Arcoverde.

O festejo procurou valorizar a cultura local. A grade contou com mais de 170 atrações e a programação da Prefeitura contou com 70% de artistas conterrâneos e nomes da inovação do cenário musical. Entre os que animaram o evento estão Maciel Melo, Mazinho de Arcoverde, Jorge de Altinho, Alceu Valença, Dorgival Dantas, Luan Santana e a banda Aviões do Forró.

Esta edição trouxe muitas novidades para o público. “A primeira foi o Polo Estação das Artes, que abriu espaço para outras manifestações artísticas, como teatro, exposição de arte e oficinas; a programação especial no Cinema Rio Branco e a realização do Festival de Quadrilhas, além da ampliação da estrutura do Polo Raízes do Coco, no Alto do Cruzeiro”, comemora a prefeita Madalena Britto.

Arcoverde, que figura no ranking das cidades mais seguras e tranquilas para o público que presencia as festividades juninas, não registrou crimes violentos no pátio de eventos. As pequenas infrações ocorridas foram prontamente atendidas sem que houvesse danos ao público. "É um cuidado que temos bem antes da realização dos festejos porque buscamos dialogar com todos os órgãos e parceiros, públicos e privados, para que tudo transcorresse com tranquilidade e garantisse a experiência positiva a cada pessoa", assegura Madalena.

ASCOM/PMA


Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.