Maria Alcina lança disco cantando Caetano Veloso de todas as épocas

Foto: Murilo Alves
Assim que foi revelada no Festival Internacional da Canção com a emblemática “Fio Maravilha”, em 1972, Maria Alcina foi contratada para gravar seu primeiro disco e uma das músicas escolhidas foi “Mamãe Coragem”, de Caetano Veloso e Torquato Neto.  Desde então o compositor baiano passou a fazer parte do repertório da cantora que lança agora “Espírito de Tudo”, mais um trabalho ousado da sua discografia.

O convite partiu do produtor Thiago Marques Luiz, ela abraçou a ideia e se jogou num processo de criação coletiva com os três jovens multi-instrumentistas que elaboraram os arranjos do álbum misturando rock, pop e música eletrônica: Rovilson Pascoal (guitarras), Ricardo Prado (teclados e baixo) e Arthur Kunz (bateria e programações), do grupo Strobo.

Todas as décadas de Caetano estão presentes nas 10 músicas que integram “Espírito de Tudo”; dos anos 60 (“Tropicália” e “A Voz do Morto”) aos anos 2000 (“Rocks”, “A Cor Amarela” e “Rock`n`raul”), passando pelos 70 (“Os Mais Doces Bárbaros” e “Gênesis”), pelos 80 ( “Língua” e “O Estrangeiro”) e os 90 (“Fora da Ordem”).

O show de lançamento será dia 28 de junho em São Paulo no Sesc Pompeia.


Marcus Cesar

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.