​Governo Municipal articula criação de comunidade de inovação em Garanhuns


A realização do Hack a City e o reconhecimento de Garanhuns como cidade inteligente pela OASC (Open & Agile Smart Cities) foram os pontapés iniciais de uma mobilização que visa tornar o município um terreno fértil para o desenvolvimento de empresas de inovação. E nesta quinta-feira (29), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico passou a liderar a criação de uma comunidade colaborativa que reúna pessoas com o propósito de transformar a sociedade através da inovação, tecnologia e criatividade formando um ecossistema empreendedor em Garanhuns. Assim, o Governo Municipal toma a iniciativa de fomentar um ambiente de oportunidades para empoderar estudantes, empreendedores e potenciais empreendedores a se desenvolverem de forma sustentável.

Para viabilizar a comunidade, serão realizadas ações educacionais e encontros para gerar oportunidades de negócios, promover interação, troca de experiências, co-criação e discussões a respeito de temas em comum. A primeira ação será a criação do nome da comunidade em conjunto através de link disponível na página do Facebook da Prefeitura de Garanhuns. Lá, qualquer cidadão pode sugerir uma nomenclatura que melhor se encaixe nas vertentes das palavras-chave: empreendedorismo, inovação, tecnologia, criatividade e colaboração.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico, Janecélia Marins, o governo está criando a comunidade, mas é o espírito de colaboração que fará com que a iniciativa tenha sucesso. “A intenção é fomentar e proporcionar um sentido de pertencimento na população que irá se fortalecer em uma espécie de rede. Estamos apenas começando o processo e apoiando para que ele cresça. Não há pagamentos para nenhum dos colaboradores, apenas a intenção de fazer a  nossa cidade ainda melhor”, explica. Ainda estão envolvidas no processo de criação a Secretaria de Comunicação Social, a Gerência de Tecnologia da Informação e colaboradores externos ao Governo Municipal que atuam de forma independente.

Edméa Ubirajara

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.