Arcoverde: Presos acusados da morte do policial civil Rossely Cavalcante

Policiais civis e militares prenderam ontem os suspeitos de serem os assassinos do Comissário da Polícia Civil Rossely Vital Cavalcante, cujo corpo foi encontrado no interior de sua residência na tarde do último dia 11 de junho, apresentando ferimentos por disparos de arma de fogo.

Os policiais cumpriram os Mandados de Prisão Temporária expedidos pela Vara Criminal local em desfavor de Alessandro de Lima, vulgo "Dinho” e Flávio Bezerra de Aquino, investigados pela morte do Comissário.

A prisão temporária aconteceu durante a Operação Força no Foco, que acontece na área do município de Arcoverde, realizada pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.

A missão tem por objetivo a repressão aos crimes violentos letais intencionais, e práticas criminosas deles decorrentes, tendo a operação contado com os efetivos da Polícia Civil, por meio de delegados,  escrivães e agentes da 19° Delegacia Seccional,  e policiais  militares do 3° BPM, BEPI, Rocam, Gati, NIS 3°BPM e Malhas da Lei, onde foram cumpridos até o momento 6 mandados de prisão e cumpridos onze mandados de busca e apreensão,  que ensejaram a lavratura de três autos de prisão em flagrante por crimes de tráfico de entorpecente e posse ilegal de arma de fogo.

Equipes ainda se encontram em campo em cumprimento as diligências, tendo em vista que a incursão prossegue durante todo o dia de hoje. As ações contam ainda com o apoio do Grupo Tático Aéreo - GTA. A operação é coordenada pelas Dinter 2, das Polícias Civil e Militar. 

Fonte: Girosocial

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.